Punjab (Índia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Punjab
Punjab in India (disputed hatched).svg
Localização do estado de Punjab na Índia
Capital Chandigarh
30° 44′ N, 76° 47′ E
Cidade principal Ludhiana
Idioma oficial Punjabi
Governador Shivraj Vishwanath Patil
Ministro Chefe Parkash Singh Badal
Poder legislativo:
 • Tipo
 • Membros

Unicameral
117
Formado em 1 de novembro de 1956
Área 50.362 km²
População (março/2001) 24.289.296
Densidade demográfica 482 hab./km²
Total de distritos 20
Fuso horário UTC +5:30
ISO 3166-2 IN-PB
Website punjabgovt.nic.in

Punjab ou Punjabe (punjabi:'ਪੰਜਾਬ', hindi: 'पंजाब', IPA: [pəɲdʒaːb]) é um estado do noroeste da Índia. Ele faz fronteira com o Punjab (Paquistão) a oeste, Jammu e Caxemira ao norte, Himachal Pradesh ao nordeste, Haryana ao sul e ao sudeste, Chandigarh ao sudeste e Rajasthan ao sudoeste. A superfície total do estado é de 50.362 km². A população era de 24.289.296 habitantes em 2000. A capital do Punjab é Chandigarh, que é administrada separadamente como um Território da União já que é também a capital do estado vizinho de Haryana. Entre as principais cidades do Punjab estão também: Amritsar, Jalandhar, Ludhiana e Patiala. O estado é também lar de uma das mais antigas civilizações do mundo, a Civilização do Vale do Indo, a primeira civilização da Índia.

O Punjab, historicamente, é parte da Região do Punjab, que inclui além dele a província de Punjab no Paquistão, os estados indianos de Haryana, Himachal Pradesh e Delhi, e o Território da União Chandigarh. O actual estado separou-se da província homónima do Paquistão em 1947, aquando da partição da Índia. Tornou-se um estado da federação em 26 de Janeiro de 1950.[1]

A palavra "Punjab" é uma combinação das palavras persas 'panj' (پنج) Cinco, e 'āb' (آب) Água, que significa, ao pé da letra, Terra dos cinco rios. Os cinco rios dos quais o punjab recebe o nome são o Jhelum, o Chenab, o Ravi, o Beas e o Sutlej -- todos eles afluentes do Indo.

A maior ocupação econômica no Punjab é a agricultura. Além dela, algumas importantes atividades econômicas da região são a manufatura de instrumentos científicos, bens elétricos, máquinas e ferramentas, têxteis, máquinas de costura, bens esportivos, amido, turismo, fertilizantes, bicicletas, vestimentas, meias e o refinamento de petróleo e de açúcar. O Punjab tem uma das melhores infraestruturas da Índia, com estradas, ferrovias, transportes aéreos e fluviais formando extensos elos de ligação por toda a região.[2]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Índia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.