Richard Réti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo usa a notação algébrica para descrever os movimentos do xadrez.


Réti
Informações pessoais
Nome completo Richard Réti
Nascimento 28 de Maio de 1889[1]
Pezinok, Eslováquia[1]
Nacionalidade  Áustria, Eslováquia
Falecimento 6 de junho de 1929 (40 anos)[1]
Praga[1]
Conquistas
Ostrava 1923 (2º)

Richard Réti (Eslováquia, 28 de maio de 1889Praga, 6 de junho de 1929) foi um enxadrista austro-húngaro, mais tarde eslovaco, autor de livros e de problemas de xadrez, e um dos fundadores do movimento hipermoderno. Foi o criador da abertura Réti.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Um dos principais jogadores do mundo durante os anos 1910s e 1920s, ele começou sua carreira como um jogador combinativo conforme a escola clássica, favorecendo aberturas como o Gambito do Rei (1.e4 e5 2.f4). Entretanto, depois do fim da Primeira Guerra Mundial, seu estilo de jogo sofreu uma mudança radical, e ele se tornou um dos principais proponentes do hipermodernismo, junto com Aron Nimzowitsch e outros. De fato, com a exceção do aclamado livro "Meu Sistema" de Nimzowitsch, ele é considerado o principal contributor literário para o movimento. A abertura Réti (1.Cf3 d5 2.c4) tem este nome em homenagem a ele. Réti ficou famoso ao derrotar o campeão mundial José Raúl Capablanca em Nova Iorque, em 1924, usando esta abertura - a primeira derrota de Capablanca em oito anos, a única para Réti, e a primeira desde que havia se tornado Campeão Mundial. Réti também foi um notável compositor de estudos de finais.

Em 1925 Réti estabeleceu, e manteve por um tempo, o recorde mundial de xadrez às cegas com 29 jogos simultâneos. Ele venceu 21 destes, empatou 6, e perdeu apenas 2.

Seus livros se tornaram clássicos no mundo do xadrez. "Novas Ideias no Xadrez" (1922) e "Mestres do Tabuleiro" (1930) são estudados até hoje.

Réti casou-se com Rogneda Sergeivna Gorodetskaia, filha do poeta russo Sergei Gorodetsky (1884-1967). O irmão Rudolph Réti (1885-1957) foi um famoso compositor musical e pianista.

Faleceu em 6 de junho de 1929, em Praga, vitimado pela escarlatina e foi enterrado em Viena.

Famoso Estudo de Final[editar | editar código-fonte]

Começo de um tabuleiro de xadrez. a b c d e f g h
8 rei branco em h8 8
7 7
6 rei preto em a6 peão branco em c6 6
5 peão preto em h5 5
4 4
3 3
2 2
1 1
a b c d e f g h Fim do tabuleiro de xadrez.
Brancas jogam e empatam

Réti compôs um dos mais famosos estudos de xadrez, mostrado neste diagrama e conhecido como Final de Réti. Ele foi publicado no "Ostrauer Morgenzeitung" em 4 de dezembro de 1921. Parece impossível que o Rei Branco capture o peão Preto avançado, enquanto que o peão Branco pode ser facilmente parado pelo Rei Preto. A ideia da solução é mover o Rei para avançar nos dois peões ao mesmo tempo, usando propriedades específicas da geometria do xadrez.

  • 1. Rg7! h4
  • 2. Rf6 Rb6 (or 2. … h3 3. Re7 e o Rei Branco pode apoiar seu próprio peão)
  • 3. Re5!! (e agora o Rei Branco chega a tempo ao peão branco, ou captura o preto)
  • 3. … h3
  • 4. Rd6 e empata.

Partidas Notáveis[editar | editar código-fonte]

Uma partida modelo do sistema Réti.
A célebre vitória sobre Capablanca.

Publicações[editar | editar código-fonte]

  • Modern Ideas In Chess (1922)
  • Masters Of The Chess Board (1930) ISBN 0-486-23384-7
  • Curso Superior de Ajedrez
  • Estudios Completos
  • Teoria de los Finales de Ajedrez
  • Finales En Ajedrez

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • GOLOMBEK, Harry. Golombek's Encyclopedia of chess (em ). 1ª. ed. São Paulo: Trewin Copplestone Publishing, 1977. ISBN 0-517-53146-1.
Ícone de esboço Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.