Rui Costa (ciclista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rui Costa
Tour de Romandie 2013 - Stage 5 - Podium - Rui Alberto Faria da Costa (cropped).jpg
País  Portugal
Data de nascimento 5 de Outubro de 1986 (27 anos)
Local de nascimento Póvoa de Varzim
Informação de Equipas
Disciplina Ciclismo de estrada
Profissional
2007–2008
2009–2010
2011–2013
2014–
Benfica
Caisse d'Epargne
Movistar Team[1]
Lampre-Merida
Maiores vitórias
Grand Tours
Tour de France
3 etapas (2011, 2013)

Corridas por etapas

Four Days of Dunkirk (2009)
Vuelta a la Comunidad de Madrid (2011)
Volta à Suíça (2012, 2013, 2014)

Clássicas

Campeonato Mundial UCI (2013)
Campeonatos de Contrarelógio por Nações (2010, 2013)
Grand Prix Cycliste de Montréal (2011)
Última actualização da infobox:
4 Maio 2014

Rui Costa (nascido Rui Alberto Faria da Costa, Póvoa de Varzim, 5 de Outubro de 1986) é um ciclista profissional português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Com 11 anos entra para o atletismo onde permaneceu dois anos. Aos 13 anos muda-se para o ciclismo entrando para a equipa de "Guilhabreu", em Vila do Conde. Seguiram-se o "Santa Maria da Feira". Em 2007 assina o seu primeiro contrato profissional com o Benfica mudando-se em 2009 para a Caisse d'Epargne. Em 2011, com a mudança de patrocinador, Rui Costa assina novo contrato com a Movistar Team.

Em 2011 ganha na Volta à Comunidade de Madrid, após conseguir terminar por duas vezes em 2º na 1ª e 3ª etapas, vence a classificação geral com uma diferença de 5 segundos para o 2º classificado. Em 2011 ganha também a Clássica de Montreal, prova do World Tour. Neste mesmo ano ganha a 8ª etapa no Tour de France onde participava pela terceira vez.

Em 2012 termina em 3º lugar da classificação geral na Volta à Romandia e vence a Volta à Suíça, prova na qual veste a camisola amarela após vencer isolado a 2ª etapa.[2] Na Volta à França de 2012 tem como principal missão ajudar o seu chefe de fila Alejandro Valverde. No entanto devido a alguns incidentes, incluindo quedas, este viria a terminar apenas em 20º da geral enquanto Rui Costa terminaria no 18º lugar. No mesmo ano termina em 2º do GP Ouest-France, 3º no Grand Prix Ciclística de Québec e 8º no Grand Prix Ciclística de Montréal (prova que tinha ganho no ano anterior. Terminou a temporada com um 9º lugar na Tour of Beijing, na China.

No dia 29 de setembro de 2013, Rui Costa ganhou o UCI Campeonato Mundial de Estrada, terminando à frente de Joaquin Rodriguez e Alejandro Valverde e alcançando um feito inédito na história do ciclismo português.

Em 22 de junho de 2014 vence novamente a Volta à Suíça, tornando-se no primeiro ciclista a vencer esta prova por três vezes consecutivas e subindo para o 3º lugar no ranking World Tour, a melhor ranking de sempre de um ciclista português na lista elaborada pela UCI.[3]

No Tour 2014, onde pela primeira vez aparecia como "chefe-de-fila", Rui Costa cedo se viu a braços com uma bronquite[4] , o que o foi impedindo de atingir o seu objectivo de um Top 10 na classificação geral. Quando era 13º, foi obrigado pelo médico a desistir, dado o seu quadro clínico ter evoluído para uma broncopneumonia[5] .

Palmarés

2007
1º Geral Giro delle Regione
2008
2º Geral Giro delle Regioni
1º na 4ª etapa
2º Geral Coupe des Nations
1º na 4ª etapa (ITT)
2º Geral Tour de l'Avenir
5º Campeonato do Mundo de Estrada Sub-23 (Varese)
8º Campeonato do Mundo de Contra-relógio (estrada) Sub-23 (Varese)
2009
Jersey pink.svg Geral Four Days of Dunkirk
Melhor jovem Jersey white.svg
Campeonato Nacional de Estrada
3º Geral Vuelta Chihuahua Internacional
1º na 3ª etapa
2010
1º Geral Trofeo Deià
1º na 8ª etapa Volta à Suíça
2º Geral Four Days of Dunkirk
Melhor jovem Jersey white.svg
6º Geral Volta ao Algarve
2011
1º Geral XXI Vuelta Ciclista Internacional a la Comunidad de Madrid
1º Geral no GP Montreal.
1º na 8º etapa Volta à França 2011
2012
Jersey yellow.svg 1º Geral Volta à Suíça
1º na 2ª etapa
2º Geral GP Ouest-France
3º Geral Grand Prix Ciclística de Québec
8º Geral Grand Prix Ciclística de Montréal
9º Geral Volta a Pequim
2013
MaillotMundial.PNG Campeão Mundial de Estrada
MaillotPortugal.PNG Campeão Nacional de Contra-Relógio
Jersey yellow.svg 1º Geral Volta à Suíça
1º na 7ª e 9ª etapa (CRI)
Volta a França 2013
1º na da 16ª e 19ª etapas
Jersey red number.svg Vencedor Prémio Combatividade 16ª etapa
1º Geral Klasika Primavera
3º Geral Volta à Romandia
4º Geral Trofeo Serra de Tramuntana (Vuelta a Mallorca)
4º Geral Volta a Pequim
5º Geral Volta ao Algarve
5º Geral Grand Prix Ciclística de Québec
6º Geral Grand Prix Ciclística de Montréal
9º Geral Liège-Bastogne-Liège
9º Ranking UCI World Tour
2014
2º Geral (Paris-Nice)
Campeonato de Portugal Contrarrelógio Silver medal with cup.svg
3º Geral Volta ao Algarve
Jersey green.svg Vencedor Prémio pontos
3º Geral Volta à Romandia
Jersey yellow.svg 1º Geral Volta à Suíça
1º na 9ª etapa

Referências

  1. Costa signs three year contract with Team Movistar (em inglês). Velonation.com. Página visitada em 2012-04-29.
  2. Rui Costa conquista Volta à Suíça. Jornal Record. Página visitada em 18 de junho de 2012.
  3. Alexandre Reis (24 de junho 2014). "Rui Costa é o melhor português de sempre". Jornal Record.
  4. "Ciclista Rui Costa tem uma bronquite aguda". Jornal de Notícias. Página visitada em 22/07/2014.
  5. "Rui Costa abandona a prova com broncopneumonia". Record. Página visitada em 22/07/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rui Costa (ciclista)
Classificações desportivas
Precedido por
Philippe Gilbert
Campeão do Campeonato Mundial UCI
Campeonato Mundial UCI 2013
Sucedido por
'
Prêmios
Precedido por
Hélder Rodrigues
Prémio CDP Atleta Português do Ano
2012, 2013
Sucedido por
'
Cycling (road) pictogram.svg Este artigo sobre um(a) ciclista, integrado ao Projeto Desporto, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.