Escola de Rock

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de School of Rock)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
School of Rock
Escola de Rock (PT/BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2003 • cor • 109 min 
Direção Richard Linklater
Produção Scott Aversano
Steve Nicolaides
Scott Rudin
Roteiro Mike White
Elenco Jack Black
Joan Cusack
Mike White
Sarah Silverman
Miranda Cosgrove
Gênero Comédia
Idioma Inglês
Música Craig Wedren
Edição Sandra Adair
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento 3 de outubro de 2003
Orçamento US$ 35 milhões
Receita US$ 131.282.949
Página no IMDb (em inglês)

School of Rock (Escola de Rock, no Brasil e em Portugal) é um filme americano de 2003 dirigido por Richard Linklater, escrito por Mick White, e estrelado por Jack Black. O enredo principal gira em torno de Dewey Finn (interpretado por Black), um cantor e guitarrista de rock que é demitido da banda No Vacancy, e posteriormente se disfarça como professor substituto em uma prestigiosa escola preparatória. Depois de testemunhar o talento musical de seus alunos, Dewey forma uma banda com alunos da quinta série do ensino fundamental para vencer a próxima Batalha das Bandas e pagar o seu aluguel.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Dewey Finn é um roqueiro que acaba de ser expulso da banda No Vacancy e mora com o amigo Ned Schneebly e sua namorada. Mas ela não aguenta mais o namorado sustentando o amigo, e manda Dewey conseguir dinheiro, se quisesse continuar morando ali. Ele se passa por Ned e vai trabalhar de substituto em uma escola tradicional.

Uma vez na escola, Dewey assiste as crianças na aula de canto e descobre que elas têm talento para a música, e monta uma banda na classe, dizendo a elas que irão participar de uma competição com as outras escolas e ganharão pontos em seu histórico.

Ele embebeda a reprimida diretora e consegue convencê-la a deixá-lo levar as crianças a uma excursão. Um dia antes, na Noite dos Pais, todos descobrem que ele é uma farsa. No dia seguinte, as crianças ficam tristes, mas não desistem e vão até a casa dele chamá-lo para o show, no qual são bem-sucedidas.

Inspirações[editar | editar código-fonte]

O filme apresenta, em sua essência, uma referência ao filme Sociedade dos Poetas Mortos. Mostra um professor revolucionário, com pensamentos modernos, em uma escola conservadora e rígida.

Os alunos, presos a regras intensas, utilizam-se da rebeldia para se libertar do sistema escolar. A rebeldia foi, durante muito tempo, marca fundamental do rock 'n roll.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Repercussão[editar | editar código-fonte]

O filme teve uma recepção bastante positiva por parte da crítica norte-americana. No site Rotten Tomatoes, especializado em compilar resenhas de filmes, o filme possui uma porcentagem de 91% de avaliações positivas.[1] Quanto à bilheteria, obteve cerca de 131 milhões de doláres mundialmente.[2]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Jack Black ganhou o MTV Movie Awards na categoria Melhor Comediante, além de ter sido indicado na categoria de Melhor Equipe.

O filme também foi indicada ao Grammy, na categoria "Melhor Trilha Sonora" e ao Globo de Ouro, na categoria "Melhor Ator em Comédia ou Musical", na qual Jack Black concorreu.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.