Sebastiano Serlio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pinacoteca de Brera.

Sebastiano Serlio (Bolonha, 6 de setembro de 14751554) foi um arquiteto italiano do Renascentismo e integrou a equipe que construiu o Château de Fontainebleau. Foi o autor do tratado "I sette libri dell'architettura" e ajudou a consolidar a Ordem Arquitetônica.

Serilo foi para Roma em 1514 e permaneceu lá ate 1527 quando ocorre o Saque de Roma. Foi para Veneza mas deixou poucas marcas ali porém é lá que surge o primeiro volume de seu tratado denominado "Regole generali d'architettura [...]" ou Regras Gerais da Arquitetura.

As publicações de Serilo chamaram a atenção do rei Francisco I da França. A carreira do arquiteto decola quando recebe um convite deste rei para ser conselheiro na construção e decoração do Château de Fontainebleau onde uma equipe italianos havia sido formada.

Morreu em 1554 e sua maior contribuição foi seu tratado, tido como guida prático para arquitetos, que teve grande repercussão na França, Holanda e Inglaterra.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.