The Stanford Encyclopedia of Philosophy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Antistub.png
Este artigo está em manutenção emergencial a fim de evitar uma futura eliminação. Ajude a corrigir imprecisões no texto e colocar fontes que atestem sua relevância. Se você se dispõe a melhorar este artigo e quer um tempo para fazê-lo comente aqui para evitar uma futura eliminação.

The Stanford Encyclopedia of Philosophy (Enciclopédia de Filosofia de Stanford) é uma enciclopédia online, colaborativa e livre projetada em 1995 por John Perry, até então diretor do Center for the Study of Language and Information (CSLI) da Universidade de Stanford. Posteriormente o projeto foi retomado por Edward N. Nalta que o desenvolveu com o objetivo de tornar a enciclopédia uma fonte fiável nos principais meios acadêmicos. [1] Inicialmente o projeto foi mantido pelo próprio CSLI, em seguida, devido as colaborações de outras instituições e acadêmicos, subsídios complementaram o orçamento para fins específicos de pesquisas no desenvolvimento do mesmo e hoje a S.E.P. é mantida por uma sociedade de amigos.

Conceito[editar | editar código-fonte]

Cada artigo é mantido e atualizado regularmente por um ou vários especialistas na área em questão, além de serem arbitrados pelos membros de um corpo editorial antes de serem levado a público. Isso, aliado ao desenvolvimento dos motores de busca, permite aos leitores um acesso a fontes dinâmicas de referência acadêmica.

Também, são criadas referências cruzadas, a partir de softwares específicos ou mesmo por editores que monitoram os artigos, possibilitando uma comparação de diferentes abordagens sobre um mesmo tema de estudo.

Referências

  1. Site Stanford Encyclopedia of Philosophy – About - http://plato.stanford.edu/about.html

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • “From SEP to SEPIA: How and why Indiana University is helping the Stanford Encyclopedia of Philosophy”, by Colin Allen and Cecile Jagodzinski, in Against the Grain, 18/4 (September 2006): 42–43.
  • “The Stanford Encyclopedia of Philosophy: A University/Library Partnership in Support of Scholarly Communications and Open Access,” by Edward N. Zalta, in College & Research Libraries News (a publication of the Association of College and Research Libraries), 67/8 (September 2006): 502–504, 507.
  • “I Hear the Train A Comin' ”, by Greg Tananbaum, in Against the Grain, 18/1 (February 2006): 84–85.
  • “The Stanford Encyclopedia of Philosophy: A Developed Dynamic Reference Work” (285K PDF document), by Colin Allen, Uri Nodelman, and Edward N. Zalta, inMetaphilosophy, 33/1-2 (January 2002): 210–228; reprinted in CyberPhilosophy: The Intersection of Philosophy and Computing, James H. Moor and Terrell Ward Bynum, (eds.), Oxford: Blackwell, pp. 201–218.
  • “Stanford Encyclopedia of Philosophy”, by Edward N. Zalta, SPARC E-News (October/November 1999), published by The Scholarly Publishing and Academic Resources Coalition, online publication. (This issue is now archived offline; the above link is to our preprint.)
  • “A Solution to the Problem of Updating Encyclopedias”, by Eric Hammer and Edward N. Zalta, Computers and the Humanities, 31/1 (1997): 47–60. [Note: The ftp-based file upload system described in this paper was superseded by a browser-based file upload system which uses special password-protected web interfaces for the authors and editors.]
  • “Why Philosophy Needs a ‘Dynamic’ Encyclopedia”, by John Perry and Edward N. Zalta, URL = <http://plato.stanford.edu/pubs/why.html>, November 1997.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]