Sujeito-Verbo-Objeto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sujeito Verbo Objeto)
Ir para: navegação, pesquisa
Tipologia linguística
Tipologia morfológica
Língua analítica
Língua sintética
Língua flexiva
Língua aglutinante
Língua polissintética
Língua oligossintética
Tipologia sintática
Língua nominativa-acusativa
Língua ergativa-absolutiva
Tipologia morfossintática
Sujeito-Verbo-Objeto
Sujeito-Objeto-Verbo
Verbo-Sujeito-Objeto
Verbo-Objeto-Sujeito
Objeto-Sujeito-Verbo
Objeto-Verbo-Sujeito

Em tipologia linguística, Sujeito Verbo Objecto (ou SVO) é uma estrutura oracional na qual o sujeito surge primeiro, seguido do verbo e por último o objecto. As línguas podem ser classificadas de acordo com a sequência deste elementos dominante. Juntamente com a ordem SOV, a ordem SVO é uma das duas mais comuns, e as duas incluem mais de 75% das línguas do mundo.[1] É também a ordem mais comum nas línguas crioulas, sugerindo que pode ser de algum modo mais "óbvia" inicialmente para a psicologia humana (possivelmente através de "metáfora física", como no caso de um objecto atirado, em que a atenção passa naturalmente do atirador (sujeito) para o caminho do objecto voador (verbo) e só depois para o alvo (objecto). Porém tal não foi ainda examinado cientificamente.

Exemplos de línguas com ordem SVO são o inglês, finlandês, chinês, iorubá, malaio, quiché, guarani, entre muitas outras. As línguas românicas também seguem a ordem SVO, excepto em construções em muitas delas nas quais um pronome funciona como o objecto.

Um exemplo de ordem SVO em português: O João comeu a maçã.

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Crystal, David. The Cambridge Encyclopedia of Language. 2nd edition. ed. Cambridge: Cambridge University Press, 1997. ISBN 0-521-55967-7.