Sultão do Egito

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Husayn Kamil, Sultão do Egito.

Sultão do Egito é uma extinta posição social, adquirida por governadores do Egito após o estabelecimento da dinastia aiúbida de Saladino, em 1174, perdurando até a conquista do Egito pelos Otomanos, em 1517.

Embora a extensão geográfica do sultanato tenha fluido e refluido, ela geralmente incluía as regiões de Levante e Hejaz. Consequentemente, sultões da dinastia Ayubi e outros sultões mamelucos também foram considerados como sultões da Síria.

A partir de 1914 o título foi novamente utilizado pelos comandantes da dinastia Muhammad Ali do Egito e Sudão, sendo mais tarde substituído pelo título de Rei do Egito e Sudão em 1922.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Sultões é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.