Temistocleia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temistocleia
Pré-socráticos
Nome completo Θεμιστόκλεια
Data de nascimento: c. 600 a.C.
Local: Delfos
Trabalhos notáveis Primeira mulher do mundo a ser chamada "filósofa"
Influências: Pitágoras

Temistocleia (em grego antigo: Θεμιστόκλεια Δελφίς; c. 600 a.C.) foi uma filósofa, matemática e alta profetisa de Delfos[1] .

Temistocleia (o nome é muitas vezes soletrado como Themistokleia) foi uma profetisa de Delfos, um dos mais importantes oráculos da Antiguidade grega. De acordo com as fontes sobreviventes, ela é considerada a mestre de Pitágoras, embora também possa ter sido sua irmã.[2] [3]

Depois de Pitágoras ter cunhado o termo filosofia, que lhe valeu o título de "pai da filosofia" [4] [5] , ela tornou-se a primeira mulher na história à qual o termo "filósofa" foi aplicado.[3]

Diógenes Laércio destaca o papel de Temistocleia, em "The Lives and Opinions of Eminent Philosophers" ("A Vida e as Opiniões de Eminentes Filósofos"). Na seção "Vida de Pitágoras" Diógenes Laércio afirma que ela ensinou a Pitágoras as suas doutrinas morais. A informação é originalmente fornecida por Aristóxeno[1] que "afirma que Pitágoras derivou grande parte da doutrina ética de Temistocleia, a profetisa de Delfos" [4] [6] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

fyjrs7exi6edz