Texas blues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Texas Blues
Origens estilísticas Blues, Blues britânico, Blues-rock Country blues, Swing, Jazz
Contexto cultural Década de 1920 com uma segunda onda em 1980, no Texas, EUA
Instrumentos típicos Guitarra elétrica · Piano · Harmônica · Baixo · Bateria · Vocal ·
Popularidade Anos 1980

O Texas blues é um sub-gênero do blues, não sendo limitado a músicos do Texas. O estilo tem algumas variações, mas é tipicamente tocado com mais swing que outros estilos de blues.

Características distintas[editar | editar código-fonte]

O Texas blues difere de outros estilos como o Chicago blues pelo uso de instrumentos e sons, especialmente a pesada utilização da guitarra elétrica. Músicos como Stevie Ray Vaughan contrinuíram utilizando vários tipos de solos de guitarra como a slide guitar e diferentes melodias e blues e jazz. O Texas blues também tem nos solos de guitarra pontes nas canções.

História[editar | editar código-fonte]

O Texas Blues começou a aparecer no começo do século XX entre afro-americanos que trabalhavam nos campos e ranchos de óleo e de madeira. Na década de 1920, Blind Lemon Jefferson inovou o estilo ao usar improvisações como as do jazz e um acorde único para o acompanhamento da guitarra; a influência de Jefferson definiu o campo de ação do estilo e serviu de base para outros artistas posteriores, como Lightnin' Hopkins e T-Bone Walker. Durante a Grande Depressão, na década de 1930, muitos bluesmen se mudaram para cidades como Galveston, Houston e Dallas. Foi desses centrios urbanos que uma nova onda de músicos apareceu, incluindo o slide guitarrista e cantor gospel Blind Willie Johnson e o lendário vocalista Big Mama Thornton.[1] T-Bone Walker foi para Los Angeles para gravar o seu mais influente trabalho na década de 1940.[1] A sua influência pelo R&B e o imitando uma guitarra solo tornariam-se também uma influência para o som do blues elétrico que foi aprefeiçoado em Chicago por artistas como Muddy Waters.[1] O estado da indústria gravadora de R&B estava baseada em Houston, com selos como Duke/Peacock, que nos anos de 1950 se tornaram uma base para artistas que depois fariam o blues elétrico do Texas, incluindo Johnny Copeland e Albert Collins.[1] Freddie King, uma grande influência para o blues elétrico, nasceu no Texas, mas se mudou para Chicago quando adolescente.[1] A sua canção instrumental "Hide Away" (1961), foi interpretada por músicos, e ,entre eles, Eric Clapton.[2]

No final da década de 1960 e no começo da seguinte, o Texas blues elétrico começou a prosperar, influenciado pela música country e pelo blues-rock, particularmente nos clubes de Austin. O estilo frequentemente apresentava instrumentos como teclados e instrumentos de sopro, mas tinha uma ênfase especial nos solos de guitarra.[1] Os mais proeminentes artistas emergentes era os irmãos Johnny e Edgar Winter, que combinaram estilos tradicionais e do sul dos EUA.[1] Nos anos 70, Jimmy formou The Fabulous Thunderbirds e na década de 1980, o seu irmão, Stevie Ray Vaughan, apareceu no mainstream com seu jeito virtuoso de tocar guitarra, assim como fez a ZZ Top com a sua marca de Southern rock.[3]

Músicos notáveis[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g V. Bogdanov, C. Woodstra, S. T. Erlewine, All music guide to the blues: the definitive guide to the blues (Backbeat Books, 3rd edn., 2003), pp. 694-5.
  2. M. Roberty and C. Charlesworth, The complete guide to the music of Eric Clapton (Omnibus Press, 1995), p. 11.
  3. E. M. Komara, Encyclopedia of the blues (Routledge, 2006), p. 50.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]