Tokugawa Iesada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Tokugawa Iesada

Tokugawa Iesada (徳川 家定 (6 de maio de 182414 de agosto de 1858) foi o 13º shogun do Shogunato Tokugawa do Japão que esteve no poder por somente 5 anos, desde 1853 até 1858. Estava ficando mentalmente incapaz de ser shogun. Iesada tomou o poder depois do episódio dos Barcos Negros, que foi supostamente a causa da doença e morte de seu pai Tokugawa Ieyoshi, Iesada foi responsável pelos Tratados desiguais firmados no Tratado de Kanagawa (Tratado de amizade anglo-japonês, Tratado Harris, Tratado de amizade e Comércio Anglo-Japonês) que romperam o sakoku e abriram as fronteiras Japonesas para as influencias extrangeiras, abrindo o caminho para Bakumatsu.

Precedido por
Tokugawa Ieyoshi
Shōgun Tokugawa
1853–1858
Sucedido por
Tokugawa Iemochi

Notas[editar | editar código-fonte]