Tokugawa Iemochi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tokugawa Iemochi

Tokugawa Iemochi (徳川 家茂) (17 de junho de 1846 - 29 de agosto de 1866) foi o 14º xogum do Xogunato Tokugawa do Japão, exercendo o cargo de 1858 a 1866. Durante seu reinado teve que confrontar o contato do Japão com o resto do mundo, depois da vinda de Matthew C. Perry em 1853. Foi também durante o seu reinado, que se inicia o período de decadência do shogunato.

Seu nome ao nascer era Kikuchiyo, foi o décimo primeiro filho do décimo primeiro daimyō de Wakayama han Tokugawa Nariyuki, e nasceu em Edo (atual Tokio).

Em 1847, com um ano de idade, foi adotado como herdeiro do 12º daimyō Tokugawa Narikatsu, e o sucedeu em 1849, mudando seu nome para Tokugawa Yoshitomi em 1851. Entretanto, en 1858 foi nomeado sucessor da linhagem principal dos Tokugawa devido a morte repentina do decimo terceiro shogun, Tokugawa Iesada, que não deixou herdeiros. A eleição de Yoshitomi não teve problemas, apesar que existiam outros partidos do governo que recomendaram Tokugawa Yoshinobu ou Matsudaira Naritami como shogun, que diferentes de Iemochi, eram adultos. Quando assumiu o cargo de shogun mudou seu nome para Iemochi.

Em 22 de abril de 1863 realiza uma grande procissão até Kioto, seguido por 3.000 servos em sua marcha. O motivo desta viagem foi para visitar o Imperador do Japão (A última vez que um shogun visitou Kioto foi em 1603).[1]

Como parte do movimento Kobe Gattai (“União da Corte e o Shogunato”), Iemochi se casou com a Princesa Imperial Kazu-no-miya Chikako, filha do Imperador Ninkō e irmã mais nova do Imperador Kōmei,contra a vontade da noiva, eles não tiveram filhos. Não obstante, o shogun faleceu com 20 anos de idade, terminando com seu curto casamento, Kazu-no-miya Chikako se tornou viuva e passou a viver como monja ate a queda do shogunato. Se crê que a causa de sua morte foi uma falha do coração causado pelo beriberi, uma doença causada pela deficiência de tiamina, porem há suspeita que ele pode ter sido assassinado.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Ponsonby-Fane, Richard. (1956). Kyoto: the Old Capital of Japan, 794-1869, p. 325.

Referencias[editar | editar código-fonte]

  • Rekishi Dokuhon (edición enero 2006): Tokugawa Shōgun-ke to Matsudaira Ichizoku
  • Tokugawa Iemochi to sono jidai: wakaki shōgun no shōgai 徳川家茂とその時代: 若き将軍の生涯. Tokio: Tokugawa kin'en zaidan 徳川記念財団, 2007.
  • Totman, Conrad. (1980). The Collapse of the Tokugawa Bakufu, 1862-1868. Honolulu: University of Hawai'i Press.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Tokugawa Iesada
Shōgun Tokugawa
1858–1866
Sucedido por
Tokugawa Yoshinobu
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.