Daimiô

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
Shimazu Nariakira, daimiô do Domínio de Satsuma, aparece neste retrato feito com daguerreótipo por Ichiki Shirō.

Daimiô (大名, Loudspeaker.svg? Daimyō?) é um termo genérico que se refere a um poderoso senhor de terras[1] no Japão pré-moderno, que governava a maior parte do país a partir de suas imensas propriedades de terra hereditárias. No termo, "dai" (大) literalmente significa "grande" e "myō" vem de myōden (名田), que significa "terra particular".[2]

Foram os mais poderosos senhores de terras do período que foi do século X a meados do século XIX na história do Japão, depois dos xogum.

Desde os shugo do período Muromachi, passando pelos sengoku, até os daimiôs do período Edo, o cargo teve uma história longa e variada.

O termo "daimiô" por vezes é usado para se referir às principais figuras dos clãs japoneses, também chamados de "Senhores". Costumeiramente, era a partir destes senhores de guerra que um Xogum ou um Shikken (regente) era escolhido.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Katsuro, Hara. An Introduction to the History of Japan. [S.l.]: BiblioBazaar, LLC, 2009. p. 291. ISBN 1110787855
  2. Kodansha Encyclopedia of Japan, verbete "daimyō"
Ícone de esboço Este artigo sobre História do Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.