UFC 5

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UFC 5: The Return of the Beast
Detalhes
Promoção Ultimate Fighting Championship
Data 7 de abril de 1995
Local Independece Arena
Cidade Estados Unidos Charlotte, North Carolina
Público 6.000
Vendas (PPV) 260.000[1]
Cronologia
UFC 4: Revenge of the Warriors UFC 5: The Return of the Beast UFC 6: Clash of the Titans

UFC 5: The Return of the Beast foi um evento de artes marciais mistas promovido pelo Ultimate Fighting Championship, ocorrido em 01995-04-07 7 de abril de 1995 no Independence Arena em Charlotte, North Carolina. O evento foi transmitido em pay-per-view nos Estados Unidos e depois foi lançado em VHS.

Background[editar | editar código-fonte]

O UFC 5 usou um formato de torneio de oito, com o vencedor recebendo US$50.000. O evento também teve a primeira luta pelo Cinturão Superfight, assim como duas lutas alternativas que não foram mostradas na transmissão no pay-per-view ao vivo. O torneio não tinha divisões de peso nem limites de peso. As lutas tinham que terminar por nocaute ou finalização; jurados não eram utilizados.

A luta Superfight foi a atração principal e o vencedor da luta se tornaria o primeiro dono de um cinturão do UFC. Ela consistiu dos rivais Royce Gracie e Ken Shamrock se enfrentando na luta mais antecipada da história do UFC até o momento. Até aquele momento, a única derrota de Ken Shamrock no UFC foi para Royce Gracie no UFC 1.

O UFC 5 foi o primeiro evento do UFC a ter algum tipo de limite de tempo desde o começo dos eventos da organização. Um limite de 20 minutos foi imposto nas lutas de quartas-de-final e semifinais do torneio. As finais do torneio e a Superluta tinham um tempo limite de 30 minutos. A Superluta durou 31 minutos antes de uma decisão local de estender a luta por mais cinco minutos. Como mesmo assim não houve um vencedor, a luta foi declarada um empate. O árbitro da noite foi 'Big' John McCarthy. Dan Severn venceu o torneio, derrotando Dave Beneteau com uma chave-de-braço.

Esse evento do UFC foi o últmo com o envolvimento de Rorion Gracie, principalmente por conta da introdução de novas regras que contra-diziam a visão de Gracie e sua familia sobre o UFC e vale tudo. O colunista de MMA Steve Cofield também notou que os Gracies deixaram o UFC justamente quando o nível de talento começava a aumentar. Isso é discutível considerando que muitos dos Gracie, incluindo Royce, continuaram a lutar no Japão contra oponentes similares. Gracie e seu parceiro, Art Davie, mais tarde venderam a WOW Promotions, co-promotora do evento, para a parceira da WOW, a Semaphore Entertainment Group. Royce Gracie também terminou seu envolvimento após a saída de Rorion.

Resultados[editar | editar código-fonte]

Final do Torneio
Categoria Método Tempo Notas
Estados Unidos Dan Severn derrotou Canadá Dave Beneteau Finalização (Chave de Braço) 3:01
Título Superfight
Estados Unidos Ken Shamrock vs. Brasil Royce Gracie Empate 36:00 a[›]
Semifinais do Torneio
Estados Unidos Dan Severn derrotou Rússia Oleg Taktarov Nocaute Técnico (Corte) 4:21
Canadá Dave Beneteau derrotou Estados Unidos Todd Medina Nocaute Técnico (Socos) 2:12 b[›]
Quartas de Final do Torneio
Estados Unidos Dan Severn derrotou Estados Unidos Joe Charles Finalização (Mata Leão) 1:38
Rússia Oleg Taktarov derrotou Estados Unidos Ernie Verdicia Finalização (Estrangulamento) 2:23
Estados Unidos Todd Medina derrotou Estados Unidos Larry Cureton Nocaute Técnico (Socos) 2:55
Estados Unidos Jon Hess derrotou Estados Unidos Andy Anderson Nocaute Técnico (Socos) 1:23
Lutas Reservas
Estados Unidos Guy Mezger derrotou Estados Unidos John Dowdy Nocaute Técnico (Socos) 2:02
Canadá Dave Beneteau derrotou Estados Unidos Asbel Cancio Nocaute Técnico (Socos) 0:21

^ a: Pelo Cinturão Superfight do UFC; Gracie e Shamrock lutaram por 36 minutos, então foi declarado empate pois não haviam jurados. Esse foi um novo recorde de tempo de uma luta do UFC.
^ b: Beneteau substituiu Jon Hess, que havia quebrado sua mão durante sua primeira luta.

Ken Shamrock, visto usando a camiseta do evento, lutou com Royce Gracie por mais de 30 minutos, determinando um empate.

Chave do Torneio[editar | editar código-fonte]

  Quartas de Final Semifinal Final
                           
  Estados Unidos  Jon Hess TKO  
Estados Unidos  Andy Anderson 1:23  
  Canadá  Dave Beneteaub[›] TKO  
  Estados Unidos  Todd Medina 2:12  
Estados Unidos  Todd Medina TKO
  Estados Unidos  Larry Cureton 2:55  
    Canadá  Dave Beneteau 3:01
  Estados Unidos  Dan Severn FIN
  Rússia  Oleg Taktarov FIN  
Estados Unidos  Ernie Verdicia 2:23  
  Rússia  Oleg Taktarov 4:21
  Estados Unidos  Dan Severn TKO  
Estados Unidos  Dan Severn FIN
  Estados Unidos  Joe Charles 1:38  


Referências

  1. Os maiores momentos de Ken Shamrock Yahoo.com. (29 de setembro de 2009)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]