Uechi-ryu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uechi-ryu
Uechi.svg

Grafia
Kanji 上地流
Origem
País  Ryukyu
Fundador Kanbun Uechi
Karate icon.svg

Uechi-ryu (em japonês: 上地流, Uechi-ryũ) é um estilo de caratê. Seu fundador é sensei Kanbun Uechi (上地完文?), (1877-1948), depois que este viajou até a China e de estudado o estilo pangainun, de wushu.[1] [2]

História[editar | editar código-fonte]

Quando contava a idade de vinte anos, o jovem Kanbun Uechi empreendeu viagem até a cidade de Fucheu, na China, com o fito de lá aprender as técnicas das modalidades de luta que naquela famosa região praticavam-se. Em Fucheu, Uechi permanceu a estudar por dez anos um estilo que chamou de Pangainun[a], de chuan fa, sob os auspícios do mestre/monge Shushiwa ou Chou Tzu Ho, com quem tinha estabelecido amizade. O referido estilo era, sob certos aspectos, muito assemelhado ao praticado em Oquinaua por Kanryo Higaonna. Após esse período, Uechi instalou sua própria escola do estilo na província de Nanjing, onde ficou por dois anos.

Sensei Kanbun Uechi

Ao contrário do que sucedeu com os estilos de caratê modernos, o estilo não foi influenciado por Sokon Matsumura ou Kanryo Higashionna. Ainda assim, é considerado uma forma evoluída diretamente do naha-te, devido à origem e influências similares.[3]

Após a morte do fundador, alguns dos mais graduados alunos reuniram-se e formaram um outra escola, formalmente ainda conhecida como Uechi-ryu, mas que é nomidada de Shohei-ryu.[4]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Filosofia[editar | editar código-fonte]

O Uechi-Ryu não se baseia apenas em um estilo de Karatê, durante os treinos os "Sensei" costumam a ajudar seus aprendizes fazendo-os pensar sobre temas que compõe a sociedade, fazendo-os pensar sobre aquilo que os cercam e sobre o que querem para a própria vida. A repetição constante dos temas sobre a sociedade também é uma forma de fazê-los pensar sobre o que compõe o estilo e suas próprias filosofias de vida.

Graduação[editar | editar código-fonte]

Branca (10º kyu)

Azul Claro (9º kyu)

Roxa (8º kyu)

Vermelha (7º kyu)

Amarela (6º kyu)

Laranja (5º kyu)

Verde (4º kyu)

Azul Marinho (3º kyu)

Marrom (1º e 2º kyu)

Preta (1º ao 8º dan)

Coral (9º dan)

Kata[editar | editar código-fonte]

O repertório técnico deste estilo é baseado em três kata essenciais:

Sanchin.

Seisan.

Sanseyru.[5]

A essa lista foram por Kanei Uechi adicionados os kata

Kanchin.

Kanshiwa.

Kanshu.

Seichin.

Seirui.

Assim como muitos dos estilos de caratê, o Uechi-ryu mudou após a II Guerra Mundial. Neste caso específico, foi adicionado o kumite, além de 5 outros katas, em sua metodologia de treinamento. Diz-se que o estilo é um amálgama com o wushu, que provem de três estilos baseados em animais, Garça, Tigre e o misterioso Dragão. Visando o equilíbrio da garça, a força do tigre e a sabedoria do dragão.

Notas

[a] ^ Pangainun significa "meio duro, meio suave".

Referências

  1. McCarthy, Patrick. The bible of karate, Bubishi (em inglês). North Clarendon: Tuttle, 1995. p. 40.
  2. Traditional Karate Defined (em inglês). Visitado em 22.mai.2012.
  3. História do Karatê. Visitado em 20.nov.2010.
  4. About Karate Styles (em inglês). Visitado em 20.nov.2010.
  5. Lee, Mike; McCarthy, Patrick. Classical Kata of Okinawan Karate (em inglês). Valencia: Black Belt, 1987. p. 62-63. ISBN 0-897-50113-6.