Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Usina Hidrelétrica Mascarenhas de Moraes

A Usina Hidrelétrica Marechal Mascarenhas de Moraes está localizada Minas Gerais, no município de Ibiraci às margens do Rio Grande e tem capacidade de geração de 476 MW.

A história da Usina Marechal Mascarenhas de Moraes, anteriormente denominada Peixoto, data de 1947, dez anos antes da fundação de Furnas, quando a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) via ameaçada de esgotamento a sua capacidade de geração. Estudos realizados numa bacia de drenagem, com 59.600 km², indicaram os benefícios da construção da barragem, permitindo, assim, a regularização das descargas do rio Grande.

Em 1950, a CPFL conseguiu a concessão para construir uma usina hidrelétrica num local situado próximo à cidade de Ibiraci. Sete anos depois, duas unidades, de 40 MW cada, entravam em operação. Esta foi a primeira usina de grande porte construída no Rio Grande.

Localizada entre a Usina de Furnas (a montante) e a Usina Hidrelétrica Luis Carlos Barreto de Carvalho (a jusante), a Usina Marechal Mascarenhas de Moraes está entre dois grandes complexos energéticos. Posteriormente, a regularização das vazões do rio Grande, realizada, sobretudo, pela Usina de Furnas, permitiu que mais unidades fossem instaladas e, em 1968, a então Usina de Peixoto alcançou sua capacidade final de 476 MW, com dez unidades geradoras, que geram a partir de um desnível máximo de 43 m[1] .

Em dezembro do mesmo ano, Peixoto recebeu nova denominação: Usina Marechal Mascarenhas de Moraes. Somente em 1º de agosto de 1973, por determinação da Eletrobras, a usina passou a ser operada por Furnas.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) o lago da Usina Hidrelétrica de Mascarenhas de Moraes é capaz de armazenar 2,18% do volume represável pelos reservatórios do Sistema Sudeste/Centro Oeste, o que representa 8,47% do armazenamento de água do sub-sistema do Rio Grande[2] .

DADOS TÉCNICOS:

  • CASA DE FORÇA:
    • Tipo: semicoberta
    • Dimensão: 210 m x 25 m
    • Unidades geradoras:
      • Quantidade - 10
      • Rotação
      • UGs 01, 02 e 05 a 08: 128,6 RPM
      • UGs 03, 04, 09 e 10: 138,5 RPM
      • Potência nominal
        • UGs 01 e 02: 40 MW
        • UGs 03 e 04: 48 MW
        • UGs 05 a 08: 49 MW
        • UGs 09 e 10: 52 MW
      • Turbinas:
        • Tipo - Francis de eixo vertical
        • Diâmetro do rotor:
          • UGs 01 e 02: 3,911 m
          • UGs 03 e 04: 3,947 m
          • UGs 05 a 08: 4,013 m
          • UGs 09 e 10: 3,950 m
        • Fabricantes:
          • UGs 01 e 02: Dominium (Canadá)
          • UGs 03 e 04: Morgan Smith (USA)
          • UGs 05 a 08: W.Stell (USA)
          • UGs 09 e 10: MEP (Brasil)
      • Geradores:
        • Freqüência - 60 Hz
        • Tensão nos terminais: 13,8 kV
        • Fabricantes:
          • UGs 01 e 04: Westinghouse (USA)
          • UGs 05 a 08: General Electric/Inepar (Brasil)
          • UGs 09 e 10: Brown Boveri (Brasil)
      • Transformadores:
        • Quantidade: 24
        • Tipo - monofásico / trifásico
        • Capacidade total em operação – 797,92 MVA
        • Relação de transformação: 13,8/345 kV e 13,8/138 kV
        • Fabricante: ABB, Westinghouse, GE e Alsthon
  • BARRAGEM:
    • Tipo: arco e gravidade
    • Desenvolvimento no coroamento: 600 m
    • Elevação no coroamento: 669,12 m
    • Volume total: 800.000 m³
  • RESERVATÓRIO:
    • Nível máximo de armazenamento: 666,12 m
    • Nível de máxima cheia: 666,12 m
    • Nível mínimo de operação: 653,12 m
    • Existe uma diferença de -0,31 m das cotas da usina para o sistema de cotas do IBGE.
    • Área inundada: 250 km²
    • Volume total: 4,04 bilhões m³
    • Volume útil: 2,5 bilhões m³
  • TOMADA D’ÁGUA:
    • Comportas:
      • Tipo - vagão
      • Quantidade - 10
      • Altura d’água sobre a soleira - 22 m
      • Dimensões:
        • Largura : 7,08 m
        • Altura: 6,15 m
      • Fabricantes:
        • UGs 01 a 03: Paceco (USA)
        • UG04: Monarch (USA)
        • UGs 05 a 10: Torque (Brasil)
  • VERTEDOURO 1:
    • Descarga Máxima: 9.350 m³/s
    • Comportas:
      • Tipo - segmento
      • Quantidade - 11
      • Dimensões
        • Largura: 10,67 m
        • Altura: 12,98 m
        • Raio: 10 m
      • Fabricante: Paceco (USA)
  • VERTEDOURO 2:
    • Descarga Máxima: 3.1000 m³/s
    • Comportas:
      • Tipo - segmento
      • Quantidade - 2
      • Dimensões
        • Largura: 12 m
        • Altura: 16,50 m
        • Raio: 16 m
      • Fabricante: Bardella S.A.
  • Subestação:
    • Classe de Tensão: 138kV/345kV/13,8kV
    • Tipos de Barramentos:
      • Setor de 138kV: Barra de Operação e Transferência
      • Setor de 345kV: Barramento Disjuntor e Meio
    • Quantidades de Linhas de Transmissão:
      • Setor de 138kV: 8
      • Setor de 345kV: 2
      • Setor de 13,8kV: 2
    • Interligações:
      • 138/345kV: Autotransformador 150 MVA
      • 138/13,8kV: Transformador 30 MVA

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. SILVA FILHO, Donato. Dimensionamento de Usinas Elétricas Através de Técnicas de Otimização Evolutiva. Tese de doutorado em engenharia elétrica na Universidade de São Paulo (Campus de São Carlos). Dezembro de 2003.
  2. Situação dos Principais Reservatórios do Brasil, acesso em 22 de junho de 2014.