Ibiraci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ibiraci
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 6 de abril
Fundação 1 de outubro de 1824
Gentílico ibiraciense
Prefeito(a) José Fernando Hermógenes de Freitas (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Ibiraci
Localização de Ibiraci em Minas Gerais
Ibiraci está localizado em: Brasil
Ibiraci
Localização de Ibiraci no Brasil
20° 27' 43" S 47° 07' 19" O20° 27' 43" S 47° 07' 19" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Sul/Sudoeste de Minas IBGE/2008 [1]
Microrregião Passos IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Pelo estado de São Paulo: Pedregulho, Franca e Patrocínio Paulista, do lado de Minas Gerais: Claraval, Capetinga, Cássia, Delfinópolis e Sacramento.
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 598,801 km² [2]
População 12 177 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 20,34 hab./km²
Altitude 1085m na porta da Igreja Matriz m
Clima Tropical de Altitude cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 451 592,598 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 39 351,05 IBGE/2008[5]
Página oficial

Ibiraci é um município da Microrregião de Passos, no estado de Minas Gerais, no Brasil. Sua população, no Censo Demográfico 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, era de 12 177 habitantes e sua densidade demográfica, de 18,49 habitantes por quilômetro quadrado.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O seu nome é proveniente da língua tupi e significa "mãe da árvore", através da junção dos termos ybyrá ("árvore") e sy ("mãe")[6] .

História[editar | editar código-fonte]

O município de Ibiraci foi instalado em 6 de abril de 1924 (Lei Estadual de Minas Gerais n. 843 de 7 de setembro de 1923).[7]

Limites[editar | editar código-fonte]

Seus limites são:

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima, de acordo com a classificação de Köppen é o AW (Tropical) chuvoso com inverno seco.

Pluviometria[editar | editar código-fonte]

Quanto à precipitação anual, o índice pluviométrico médio é de 1.709 mm, sendo agosto o mês mais seco com 16,8 mm e janeiro o mais chuvoso, com 347 mm.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Os principais recursos hídricos são o Ribeirão do Ouro, o Córrego do Aterradinho, o Ribeirão do Chapéu, o Ribeirão das Canoas, o Ribeirão da Furna ou do Tremedal e a Represa de Peixoto no Rio Grande.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística de número cinco (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  7. PREFEITURA MUNICIPAL DE IBIRACI ibiraci.mg.gov.br.. Página visitada em 24 de junho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.