Varanda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde julho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alpendre.

A varanda é normalmente entendida como a parte de uma casa que estabelece uma transição gradual entre os espaços internos e os espaços externos (como o jardim). As varandas são bastante comuns na arquitetura vernacular de povos que vivem em climas tropicais ou subtropicais.

Uma variação da varanda é o alpendre, encontrado no Brasil tipicamente nas construções bandeiristas e em determinados exemplares da arquitetura rural. Em Portugal o alpendre é também muito comum, especialmente em moradias. Normalmente o alpendre é entendido como um espaço que se aproveita do beiral do telhado da residência mas não faz parte de seu interior, enquanto a varanda pode ou não apresentar cobertura (normalmente apresentando maior ligação com o exterior), caracterizando-se como um espaço semi-encoberto.

A varanda assumiu um novo significado quando do advento da arquitetura moderna, visto que alguns de seus arquitetos passaram a questionar os antigos preconceitos arquitetônicos em voga na arquitetura eclética.

Um novo uso para as varandas, por exemplo, passou a se verificar nos edifícios de apartamentos, seja como circulação, seja como espaço de estar. A tendência é a de ampliação desses espaços, com o aumento da área e a colocação de facilidades, como pia e churrasqueira.

Em Portugal, o termo varanda utiliza-se principalmente para designar as sacadas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Varanda