Alpendre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete alpendre.

O alpendre, ou marquise, é um tipo de varanda que estabelece uma graduação bastante marcada entre os espaços interiores e exteriores de uma residência, protegendo-a da incidência direta da radiação solar e da chuva. Normalmente é entendido como uma faixa pavimentada sobre a qual avança o beiral do telhado que cobre a casa. Também costuma ser imaginada tradicionalmente como um corredor envolto de um lado por uma parede e do outro por uma arcada (de forma semelhante a um claustro) ou por uma sequencia de pilares ou colunas.

O alpendre é um elemento típico da arquitetura vernacular de regiões muito quentes, em geral tropicais. Possui papel de destaque na arquitetura bandeirista, verificada no estado de São Paulo durante o período da colonização portuguesa, como forma de adaptação ao clima e à terra. Nesse tipo de arquitetura, o alpendre assume um forte significado social de marcação de território. No caso da casa bandeirista, normalmente o quarto de hóspedes comunicava-se apenas com o alpendre, nunca com o interior da casa, isto é, o domínio da família.

No período colonial o alpendre frontal é constante na arquitetura rural, enquanto que nas cidades fica voltado para o fundo da casa, visando privacidade.

A marquise também é comum em igrejas, nas quais, ao adentrar os portões e subir à marquise, há uma porta, geralmente um portal, que dá acesso ao templo. Ela existe, normalmente, em médias e grandes igrejas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BITTAR, William; VERÍSSIMO, Francisco (1999) - 500 Anos da Casa no Brasil, Ediouro - ISBN 8500007168
Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.