Verdana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Verdana
(Família de fontes)
Exemplo da Verdana

Exemplo da Verdana

Classificação sem-serifa
Ano 1996
Designer Matthew Carter, e hand-hited por Tom Rickner
Empresa Monotype
Cliente Microsoft
Licença proprietária
Embutir Permitido incluir em documentos, e instalar num sistema remoto de forma permanente.
Optimizada para Monitor
Formatos OpenType, TrueType
Versões 1.00 , 1.01 , 2.10 , 2.30 , 2.31 , 2.35 , 2.41 , 2.43
grafemas 893 (versão 2.43)
PANOSE regular: 2 11 6 4 3 5 4 4 2 4
italic: 2 11 6 4 3 5 4 11 2 4
bold: 2 11 8 4 3 5 4 4 2 4
bold italic:2 11 8 4 3 5 4 11 2 4
Unicode Basic Latin, Latin-1 Supplement, Latin Extended-A, Greek and Coptic, Cyrillic, Cyrillic Supplementary
Estilos Regular, Bold, Italic, Bold Italic
Variantes Verdana Ref
Similares Frutiger, Bitstream Vera, Tahoma
Website www.monotypeimaging.com
Lista de famílias tipográficas

Verdana é uma família tipográfica sem-serifa concebida pelo designer Matthew Carter para a Microsoft Corporation, e com colaboração no hinting manual (hand-hinting) de Tom Rickner da Agfa Monotype.

Origem[editar | editar código-fonte]

A verdana foi publicada em 1996 pela Microsoft e passou a ser distribuída em cada edição de seu sistema operacional Windows, no Microsoft Office e com o Internet Explorer (desta forma a fonte está difundida tanto em Windows quanto em Mac OS). Além disso, uma versão reduzida da verdana (com menos grafemas que a versão original), denominada e inserida no pacote Core fonts for the Web, esteve disponível para download gratuito no sítio oficial da Microsoft durante bastante tempo, de forma a que pudesse ser utilizada em qualquer sistema que suportasse fontes TrueType. Consequentemente, hoje em dia, a verdana está instalada na maioria dos computadores, mesmo em Unix e Linux. A versão Core fonts for the Web da verdana ainda está disponível para download em sites externos; ver a secção Ligações externas.

Características e uso[editar | editar código-fonte]

O projeto da fonte foi inspirado em tipografias humanistas famosas, como a Frutiger. Entretanto, existem algumas diferenças intencionais com aquela, pois a Verdana foi desenhada com o intuito principal de ser lida em tela (especialmente em tamanhos pequenos, de forma a adaptar-se relativamente bem aos textos corridos). Uma das diferenças mais marcantes são as pseudo-serifas em letras como o "J" e o "I".

Em 1999 foi publicada a fonte Tahoma, similar à Verdana, mas mais compacta quanto ao desenho. A fonte Bitstream Vera também é similar à Verdana.

Críticas[editar | editar código-fonte]

Muitos editores de Web não recomendam a especificação da Verdana para apresentação em tela. Eles alegam que um dado corpo da Verdana é maior que o mesmo tamanho respectivamente em outras fontes (por exemplo, uma Verdana corpo 10pt - considerada bem legível em texto corrido - é consideravelmente maior que a Times New Roman também 10pt). Isto faz com que os usuários que não a possuem confrontem-se com textos cuja leitura fica dificultada.

Existe também um conhecido defeito na fonte distribuída que não interpreta corretamente certos caracteres conjugados.

Exemplo de Verdana

O parágrafo seguinte está escrito em Verdana, caso esteja instalada no seu computador, senão é utilizada o tipo de letra monospace.

Design é um termo da língua inglesa que se refere a um determinado esforço criativo, seja bidimensional ou tridimensional, segundo o qual se projetam objetos ou meios de comunicação diversos para o uso humano. Por este fato, ela pode ser traduzida como "desenho", mas não se refere diretamente ao ato de desenhar. Devido à dificuldade de tradução, costuma-se adotar nos países de língua portuguesa a palavra original, de forma que o profissional que trabalha na área de design é chamado designer.

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ
abcdefghijklmnopqrstuvwxyz
1234567890

Exemplos de caracteres
IPA: /ɪgˈzɑːmpəl əv aɪpiːˈeɪ tɹɑːnˈskɹɪpʃən/.
Caracteres árabes: العربية.
Caracteres hebraicos: עברית.
Caracteres cirílicos: Кирилица.
Caracteres gregos: Ελληνικά.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]