White Lilies Island

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
White Lilies Island
Álbum de estúdio de Natalie Imbruglia
Lançamento Reino Unido 5 de Novembro de 2001
Gravação 2000 - 2001
Gênero(s) Pop, Rock
Duração 51:29
Gravadora(s) RCA
Produção Gary Clark e vários
Cronologia de Natalie Imbruglia
Último
Último
Left of the Middle
(1997)
Counting Down the Days
(2005)
Próximo
Próximo

White Lilies Island é o segundo álbum da cantora australiana Natalie Imbruglia, lançado em Novembro de 2001.

O álbum marcou o "retorno" de Natalie à música, após 4 anos desde o lançamento de seu álbum de estreia, que vendeu 6 milhões de cópias em todo o mundo.

Composição[editar | editar código-fonte]

Após tornar-se famosa mundialmente, Natalie enfrentou uma série de problemas emocionais, decorrentes do sucesso repentino de seu primeiro single e da estressante cobrança por um segundo álbum de sucesso[1] .

Assim, numa tentativa de se afastar do mundo da fama e encontrar inspiração para um novo trabalho, entre 1999 e 2001, Natalie permaneceu isolada em sua residência no condado de Windsor, na Inglaterra, para compor novas músicas. O título White Lilies Island é baseado na ilha na qual sua casa se localizava, dentro do condado britânico.

Em Junho de 2001, antes do lançamento do álbum, a canção "Cold Air", composta neste período, foi incluída na trilha do filme "Y Tu Mamá También", do diretor mexicano Alfonso Cuarón.

O álbum final possui um tom bastante instrospectivo, com canções melancólicas e instrumentais melódicos, destacando-se a voz suave da cantora.

Controle Anti-Cópias[editar | editar código-fonte]

White Lilies Island foi o primeiro álbum em CD produzido no Reino Unido com tecnologia anticópias. O álbum foi lançado em Novembro de 2001, antecipado pelo single "That Day", lançado em Outubro do mesmo ano.

Por ser uma tecnologia nova, o controle de cópias fez com que muitos dos CDs vendidos apresentassem defeitos na execusão em alguns tipos de CD players. Devido às reclamações, a gravadora BMG decidiu recolher os CDs e novos discos, sem o controle anticópias, foram distribuídos[2] .

Recepção pela crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svgStar empty.svg link
Blender 2 de 5 estrelas.Star full.svgStar empty.svgStar empty.svgStar empty.svg link
Entertainment Weekly B- link
*Yahoo! Music UK 8 de 10 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg link

O álbum, no geral, recebeu críticas positivas da imprensa especializada. MacKenzie Wilson, do site AllMusic Guide afirmou que "Imbruglia fez um álbum pop brilhante - contemporâneo, mas atemporal", dando 3 estrelas e meia para o disco.

No Brasil, o álbum recebeu pouca notoriedade da mídia, por conta da grande intervalo sem notícias da cantora no país.

Paradas[editar | editar código-fonte]

O álbum foi lançado mundialmente e estreou na posição #15 da parada britânica. Na Austrália, atingiu o Top 3 da lista de vendas.

Nos Estados Unidos, o álbum saiu somente no começo de 2002, com o single "Wrong Impression", atingindo o Top 40 da parada americana.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas foram escritas por Natalie Imbruglia, em parceria com os compositores indicados.

  1. "That Day" (Imbruglia, Patrick Leonard) – 4:44
  2. "Beauty on the Fire" (Imbruglia, Clark, Wilder) – 4:21
  3. "Satellite" (Imbruglia, Phil Thornalley) – 3:08
  4. "Do You Love" (Imbruglia, Gary Clark) - 4:43
  5. "Wrong Impression" (Imbruglia, Clark) – 4:17
  6. "Goodbye" (Imbruglia, Wilder) – 5:01
  7. "Everything Goes" (Imbruglia, Clark) – 4:01
  8. "Hurricane" (Imbruglia, Clark) – 3:38
  9. "Sunlight" (Imbruglia, Clark) – 5:01
  10. "Talk in Tongues" (Imbruglia, Thornalley) – 3:29
  11. "Butterflies" (Imbruglia, Clark) – 4:56
  12. "Come September" (Imbruglia, Clark) – 4:10

Referências