Natalie Imbruglia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Natalie Imbruglia
Imbruglia no Cannes Film Festival, em 2008.
Informação geral
Nome completo Natalie Jane Imbruglia
Nascimento 4 de Fevereiro de 1975 (39 anos)
País  Austrália
Gênero(s) Pop, rock, folk, Indie
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1997 - presente
Gravadora(s) RCA / BMG (1997–2004)
Brightside / Sony BMG (2004–2008)
Malabar / Island (2009–2010)
Sony Masterworks (2014–presente)
Página oficial www.NatalieImbruglia.com

Natalie Jane Imbruglia (pronuncia-se /ɪmˈbruːliə/) (Central Coast, 4 de fevereiro de 1975) é uma cantora, compositora, modelo e atriz australiana.

Natalie tornou-se conhecida internacionalmente com o seu primeiro álbum "Left of the Middle", lançado em 1997. Seu primeiro single "Torn" atingiu o #2 da parada britânica e o topo em diversos países. Posteriormente, a cantora lançou os álbuns "White Lilies Island" (2001) e "Counting Down the Days" (2005), que chegou ao #1 no Reino Unido. Seu trabalho mais recente "Come to Life" foi lançado em 2009.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Quarta filha de pai italiano e mãe australiana, Imbruglia cresceu em Central Coast, localizado ao norte de Sydney. Quando criança estudou balé, sonhando fazer carreira como bailarina. Depois, fez comerciais para a televisão australiana, aparecendo em propagandas da Coca-Cola e dos salgadinhos Twisties, popular naquele país. Por volta dos dezesseis anos deixou a escola secundária, para começar a carreira de atriz.

1993-1996: Neighbours[editar | editar código-fonte]

Entre 1993 e 1994, Natalie ficou famosa na Austrália por atuar no seriado "Neighbours" ("Vizinhos" em Portugal) no papel de Beth Willis. Quando sua participação no programa acabou, Natalie foi tentar a sorte em Londres, na Inglaterra, onde acabou não arrumando trabalho como atriz, por não possuir o visto no país.

Sua sorte começou a mudar quando conheceu o músico Phil Thornalley, que a incentivou a escrever letras e tentar a carreira como cantora. Com Phil, Natalie gravou sua primeira demo, composta pelo músico, a canção "Torn", conseguindo assim um contrato com a RCA Records.

1997-1999: Left of the Middle[editar | editar código-fonte]

Em 1997, Natalie Imbruglia lançou no Reino Unido o seu primeiro single “Torn”. O sucesso da música imenso e logo o single foi lançado em toda a Europa. Mais tarde, em abril de 1998, a música foi lançada nos Estados Unidos e outras partes do mundo, junto com o álbum “Left of the Middle”.

“Torn” estourou nas paradas ficando em primeiro lugar em diversos países por várias semanas. O single vendeu mais de 2,2 milhões de cópias na Europa e Reino Unido. O segundo single lançado foi “Big Mistake”, que chegou ao #2 da parada britânica.

Em 1998, Natalie ganhou seu primeiro prêmio: o de artista revelação no VMA. O single seguinte foi da música “Wishing I Was There”, lançado em Maio de 1998.

Em 1999, Natalie participou de seu segundo Brit Awards e, mesmo com fortes candidatas competindo pelo prêmio, como a superstar Madonna, ela ganhou como melhor clipe feminino. Ela também participou da trilha sonora do filme “Go! Life Begins At 3 am”, cantando “Trouble By The Way We Came Together”. Também participou da trilha do filme Stigmata, cantando “Identify”, escrita por Billy Corgan do Smashing Pumpkins. Nesse mesmo ano, foi lançado o álbum “Reload”, de Tom Jones, no qual Natalie canta “Never Tear Us Part”, um cover da banda australiana INXS.

2000-2004: White Lilies Island[editar | editar código-fonte]

Em 2001, chega o inédito “White Lilies Island”, o segundo álbum de Natalie Imbruglia.

Natalie se tornou garota-propaganda da L'Oreal depois do lançamento de White Lilies Island, seu segundo disco. Ainda hoje, ela permanece como modelo para muitos produtos cosméticos da L'Oreal, particularmente rímel e produtos de skincare. Ela também apareceu em comerciais de TV da L'Oreal e em jornais e revistas na Itália, Malásia, Países Baixos e Reino Unido. Em Julho de 2007, após um contrato de 5 anos, Natalie deixou a marca pois, conforme dito numa entrevista, "Ela (Natalie) já não valia muito".

Em 2003, Natalie estreou nos cinemas na comédia britânica Johnny English. Estrelando ao lado de Rowan Atkinson, ela fez o papel da espiã Lorna Campbell. Internacionalmente, o filme fez bem apesar de revisões negativas de críticos. No final deste mesmo ano, a cantora se casou em uma cerimônia na Austrália com o músico Daniel Johns.

2005-2008: Counting Down the Days[editar | editar código-fonte]

O terceiro álbum só viria em 2005. A cantora tinha um álbum pronto já em 2003 mas a gravadora o recusou por não achá-lo comercial o suficiente. “Counting Down the Days” é lançado então por outra gravadora, a Brightside Recordings, selo ligado à SonyBMG.

Em 2007, sua gravadora lança a coletânea “Glorious: The Singles 1997-2007”, comemorando os 10 anos de carreira da cantora.

Em Janeiro de 2008, Natalie anunciou sua separação do músico Daniel Johns. Alguns meses depois, ela encerrou seu contrato com a SonyBMG, partindo para uma carreira independente.

Imbruglia se preparava, desde 2006, para o papel de protagonista no filme independente australiano Closed For Winter. O filme é baseado no romance homônimo da escritora Georgia Blain e é dirigido por James Bogle. As gravações aconteceram em Novembro de 2007 em Adelaide, Austrália. A estreia do filme, que teve algumas de suas cenas exibidas no Festival de Cannes de 2008, aconteceu em 27 de Fevereiro de 2009, no Festival de Melbourne, Austrália.

2009-2010: Come To Life[editar | editar código-fonte]

Após deixar sua gravadora em 2008, Natalie conseguiu os direitos de suas músicas, feitas para o seu 4º álbum de estúdio. No começo de 2009, foi anunciado que o disco seria lançado pelo selo independente Malabar Records, criado por ela própria. O lançamento do álbum estava previsto para Março de 2009, no entanto foi cancelado para o mês de Maio, pela vontade da cantora de incluir canções feitas recentemente. Entre estas canções, estavam faixas escritas por Chris Martin, vocalista da banda Coldplay.

Em 1 de Março de 2009, o álbum foi confirmado no site oficial da cantora com o título de "Come To Life". O lançamento oficial ocorreu em 5 de Outubro de 2009 na Europa, pela Universal Island Records. No Reino Unido e nos Estados Unidos, o álbum seria lançado no começo de 2010, mas terminou por ser cancelado, assim como o segundo single "Scars".

Durante o segundo semestre de 2010, Natalie participou como jurada da versão australiana do programa X Factor. A participação rendeu uma aparição na versão britânica do programa.

2011-2014: Cinema e hiato musical[editar | editar código-fonte]

Em Julho 2011, Imbruglia assinou um contrato de garota-propaganda com a marca de jóias australiana Kailis Jewellery, estrelando a nova campanha publicitária da rede[1] . Neste mesmo ano, ela mudou-se para Los Angeles, a fim de compor novas canções e também investir em sua carreira como atriz.

Segundo entrevista à revista australiana Grazia, em Janeiro de 2012, Natalie esteve a compor com Dolly Parton, conhecida compositora folk-country americana, que escreveu "I Will Always Love You" de Whitney Houston [2] .

Em Agosto de 2012, Imbruglia revelou estar a participar das filmagens de um longa-metragem intitulado Underdogs, em Ohio, EUA[3] . O trailer do filme foi lançado em Agosto de 2013 e a estreia se deu em Setembro do mesmo ano.

Em 11 de Dezembro de 2013, a cantora revelou, novamente pelas redes sociais, estar a preparar um álbum de covers[4] , produzido por Christian Medice e Billy Mann.

Entre Abril e Junho de 2014, Natalie esteve em cartaz no teatro britânico atuando na peça Things We Do For Love, de Alan Ayckbourn, que teve estreia no Theatre Royal Bath de Londres[5] e viajou por diversas cidades no Reino Unido. Natalie também participou de mais dois filmes americanos, intitulados Loopers e Among Ravens[6] que estreiam no segundo semestre deste ano.

Em Julho de 2014, a cantora assinou contrato com a Sony Masterworks para o lançamento de seu novo álbum, previsto para Março de 2015[7] .

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio

Filmes e televisão[editar | editar código-fonte]

  • 1993-1994: "Neighbours" (TV)
  • 2002: "Legend of the Lost Tribe" (animação)
  • 2002-2006: "L'Oréal" (publicidade)
  • 2003: "Johnny English"
  • 2008: "Closed For Winter"
  • 2009: "In Memory of Maia" (documentário)
  • 2009: "Celebrity Adrenaline Junkie" (TV)
  • 2010: "X Factor (Australia)" (TV)
  • 2012: "U B Da Judge" (curta)
  • 2013: "Underdogs"
  • 2014: "Among Ravens"
  • 2014: "Loopers" (em pós-produção)

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Natalie tem residência em Londres, capital da Inglaterra, desde 1995, quando migrou para o país. Apesar disto, ela possui grandes amigos na Austrália, entre eles a cantora Kylie Minogue, sua amiga desde a adolescência. Em 1998, ela comprou uma casa no condado de Windsor, onde compôs a maior parte das canções de seu segundo álbum. A cantora já declarou em uma entrevista ter sofrido depressão nervosa neste período[8] .

Em 31 de Dezembro de 2003, Natalie casou com o seu namorado de 3 anos, o músico Daniel Johns. Neste mesmo ano, ela havia vindo ao Brasil pela primeira vez, acompanhando-o na turnê de sua banda Silverchair. Imbruglia e Johns separaram-se em Janeiro de 2008.

Em 2004, Natalie tornou-se embaixadora da organização Virgin Unite, aparecendo em campanhas de luta contra a pobreza e contra a fístula obstétrica, doença que atinge milhares de mulheres africanas. Em 09 de Julho de 2009, a cantora discursou para mais de 3 mil ministros e embaixadores na sessão anual do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.

Após vender sua casa em Windsor, em 2007, Natalie mudou-se para o bairro de Notting Hill, em Londres. Depois disso, foi morar em Palm Springs, na Califórnia, em 2011, voltando para Londres em 2014.

Aparições[editar | editar código-fonte]

  • Natalie apareceu no sexto episódio da segunda temporada do desenho Celebrity Deathmatch, no qual Mel Gibson e Paul Hogan lutam.
  • É famosa a interpretação da música Torn feita pelo mímico Johann Lippowitz. A própria Natalie Imbruglia reconheceu o talento do artista e até fez com ele a mímica da música.

Referências

  1. Natalie Imbruglia for Kailis Jewellery (em inglês) Acesso em 22/07/11
  2. Natalie Imbruglia Inside Pesquisa em 19/08/12
  3. @Natimbruglia 6 ago 12 06/08/12
  4. @Natimbruglia 11 dez 13 Pesquisa em 13/01/14
  5. The Telegraph - Imbruglia makes her stage debut (em inglês) Pesquisa em 13/01/14
  6. Natalie Imbruglia - IMDb Pesquisa em 13/01/14
  7. Rebecca Sun (28/07/14). Natalie Imbruglia Signs with ICM Partners The Hollywood Reporter. Página visitada em 02/08/14.
  8. Rockwave - Notícia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Natalie Imbruglia