William Forsythe (ator)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2012) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
William Forsythe
William Forsythe em 2007.
Nascimento 07 de junho de 1955 (59 anos)
Bedford-Stuyvesant, Brooklyn, Nova Iorque
 Estados Unidos
Ocupação Ator
Atividade 1978 — presente
IMDb: (inglês)


William "Bill" Forsythe (07 de junho de 1955, Bedford-Stuyvesant, Brooklyn, Nova Iorque) é um ator estadunidense.[1]

Frequentemente faz filmes em papéis de personagens durões como criminosos ou policiais.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Trabalhando facilmente de comédias ao drama, o ator Forsythe tem sido ocupado em filmes desde os anos 80, quando ele estreou com um pequeno papel em “Smokey Bites the Dust” (1981). Além disso, ele freqüentemente aparece na televisão e no teatro, onde lançou sua carreira.

Esse nativo do Brooklyn, começou a atuar em produções teatrais locais no início da adolescência e aos 16 anos, tornou-se um profissional, aparecendo dentro e fora da Broadway. Quando jovem Forsythe, mudou-se para o sul da Califórnia. Logo depois da sua estréia no cinema, ele também fez sua primeira aparição na televisão no telefilmeThe Miracle of Kathy Miller”.

Nesta fase inicial, Forsythe era geralmente escolhidos para papéis de vilões, como em sua função inovadora em “Once Upon a Time in America” (1984), no qual ele interpretou o implacável gangsterCockeye”.

Uma das performances mais memoráveis de Forsythe também foi seu primeiro papel como protagonista, como um paciente rebelde de cadeira de rodas, que vira uma enfermaria de hospital de cabeça para baixo, em “The Waterdance” (1991).

No mesmo ano, estrelou Forsythe como “Al Capone” na adapatação para a televisão do filme de grande sucesso da década de 1990,“Os Intocáveis”. Seus outros créditos na televisão incluem um papel principal em um telefilme da TNT como rival de Emilio Estevez, em um tributo ao Western Spaghetti de Gene Quintano, “A Dollar for the Dead” (1998).

Forsythe já integrou o elenco de três séries de TV. A primeira foi o remake de “ Os Intocáveis”; a segunda foi “UC Undercover”, produção de 2000 a 2001, a terceira foi “John Doe”, estrelada por Dominic Purcell entre 2002 e 2003. Forsythe também foi ator convidado em várias séries, a mais recente é “CSI: Miami”, na qual interpretou o Capitão Sutter em um episódio de 2010.

Forsythe trabalhou também na segunda temporada da série de grande sucesso mundial da HBOBoardwalk Empire” interpretando o personagem “Manny Horvitz”, também conhecido como Munya, é um açougueiro e chefe do crime, na Filadélfia. Ele fornece bebidas para bares clandestinos e restaurantes. Manny é um assassino cruel, responsável pela morte de muitos personagens ao longo da série, incluindo Angela Darmody.

Em 2010, Forsythe protagonizou o drama “Dear Mr. Gacy”, no papel do notório serial killer John Wayne Gacy, responsável pela tortura e morte de 33 jovens americanos. O filme é baseado no livro de memórias "The Last Victim " escrito pelo estudante universitário Jason Moss, que se correspondia em testes emocionais via telefone e cartas com o assassino na prisão, que acabou tendo um fim trágico.


Filmografia parcial[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]