Windtalkers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Windtalkers
Códigos de Guerra (PT/BR)
Estados Unidos
2002 • cor • 134 min 
Direção John Woo
Roteiro John Rice
Joe Batteer
Elenco Nicolas Cage
Adam Beach
Peter Stormare
Género acção e guerra
Idioma inglês, navajo, japonês
Página no IMDb (em inglês)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Windtalkers, ou Códigos de Guerra, da MGM é um filme estadunidense do gênero guerra, dirigido por John Woo e estrelado por Nicolas Cage. Foi lançado em 2002 e contou com orçamento de U$100 Milhões. O filme é baseado na incrível e verídica história da participação de membros da tribo ameríndia dos Navajos na criação de um código baseado em sua língua, e sua colaboração heróica para a vitória norte-americana sobre os japoneses em 1945.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Durante a Segunda Guerra Mundial, ano de 1944, os Estados Unidos levam adiante a guerra contra o Japão, nas ilhas do Pacífico. Mas, algo vai mal para os americanos: o inimigo tem conseguido, de forma inteligente e constante, decifrar todos os códigos utilizados para cifrar as comunicações, e infligido, deste modo, muitas baixas e perdas.

Logo é desenvolvido um novo código, este sendo totalmente baseado na desconhecida e complexa língua dos índios Navajos, e, por isto mesmo, perfeito para o objetivo. Para utilizar o novo código são recrutados dezenas de navajos, que, incorporados às forças armadas, recebem treinamento militar e, principalmente, se tornam aptos a utilizar o código em qualquer situação.

Como tal código não poderia cair nas mãos do inimigo, algumas medidas são tomadas para resguardá-lo. Alguns dentre os melhores fuzileiros americanos são convocados para fazer a guarda pessoal dos codificadores: um deles é o sargento Joseph Enders, único sobrevivente de uma terrível batalha nas Ilhas Salomão, interpretado por Nicolas Cage.

Após uma breve recuperação no hospital naval, Enders assume a missão e recebe de seu oficial superior uma ordem de valor moral duvidoso: proteja o código a qualquer custo! Isto mesmo que signifique a morte do codificador...

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Código Navajo, foi um dos mais importantes sistemas de criptografias desenvolvido durante a Segunda Guerra Mundial. Tal processo surgiria logo após o ataque Japonês a Base Aeronaval de Pearl Harbor em 1941, por sugestão de um veterano da Primeira Guerra Mundial Philip Johnston, filho de um missionário que havia trabalhado longo tempo em um tribo Navajo. Impressionado pela dificuldade de entendimento da mesma por "não navajos", sugeriu ao Comando de Fuzileiros Navais para fazer um teste. Os navajos não possuiam lingua escrita ou alfabeto, apenas sinais e códigos. O código Navajo foi um dos segredos mais bem guardados da Segunda Guerra e alguma informação mais concreta sobre ele só veio a público no fim da década de 60, com o advento do computador que conseguiu executar parte dos complexos códigos empregados. Coleção 70º Aniversário da Segunda Guerra Mundial - Abril 2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.