A Copa Que Ninguém Viu e a Que Não Queremos Lembrar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde novembro de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A Copa Que Ninguém Viu e a Que não Queremos Lembrar
Autor(es) Roberto Muylaert
Armando Nogueira
Jô Soares
Idioma Português
País  Brasil
Gênero Humor
Arte de capa Hélio de Almeida
Editora Companhia das Letras
Formato 12.00 x 21.00 cm
Lançamento 29 de abril de 1994
Páginas 184
ISBN ISBN 9788571643895
Cronologia
Humor nos Tempos do Collor
(1992)
O Xangô de Baker Street
(1995)

A Copa Que Ninguém Viu e a Que não Queremos Lembrar é um livro dos escritores Roberto Muylaert, Armando Nogueira e Jô Soares, publicado no ano de 1994.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Espectadores anônimos no meio de duzentas mil pessoas, presenciaram o silêncio que se abateu sobre o Maracanã no fatídico 16 de julho de 1950. Não quiseram aprender a lição e, quatro anos depois, lá estavam os três assistindo ao Brasil perder a chamada "Batalha de Berna", na Suíça. Testemunhas oculares das duas derrotas fragorosas da seleção brasileira de futebol, Armando Nogueira, Jô Soares e Roberto Muylaert rememoram numa verdadeira linha de passe a Copa de 54, que quase ninguém viu, e a de 50, que quase todos querem esquecer. O resultado é um relato sem a amargura dos derrotados nem o ódio dos injustiçados. Afinal, as duas derrotas prepararam a seleção para as vitórias que levaram a taça Jules Rimet.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.