Faça Humor, Não Faça Guerra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Este artigo ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Faça Humor, Não Faça Guerra
Informação geral
Formato Série
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) João Loredo, Marlos Andreucci e Carlos Alberto Loffler
Elenco Jô Soares
Eliezer Motta
Renato Corte Real
Renata Fronzi
Berta Loran
José Vasconcellos
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Globo
Transmissão original 30 de junho de 1970 - 25 de março de 1973

Faça Humor, Não Faça Guerra foi um programa humorístico produzido pela Rede Globo e exibido entre 1970 e 1973, que contava com textos de Max Nunes, Haroldo Barbosa, Renato Corte Real e Jô Soares, entre outros, e tinha a direção de João Loredo e Carlos Alberto Loffler. O programa ia ao ar semanalmente às 21h, logo depois da telenovela das oito. O nome era uma alusão jocosa à frase de efeito, muito popular na época, "Faça amor, não faça a guerra".

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Alguns quadros de "Faça Humor, não Faça Guerra" foram reapresentados em 1980, no "Festival 15 Anos", e em 1990, no "Festival 25 Anos" da emissora.

Tema de abertura[editar | editar código-fonte]

"É, vai dizer que sim, vai dizer que não?
Vai ficar assim, sem opinião?
Dá logo a decisão!..."