Acenocumarol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química de Acenocumarol
Acenocumarol
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
(RS)-2-hydroxy-3-[1-(4-nitrophenyl)-3-oxobutyl]-4H-
chromen-4-one
Identificadores
CAS 152-72-7
ATC B01AA07
PubChem 9052
Informação química
Fórmula molecular C19H15NO6 
Massa molar 353.326 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade  ?
Metabolismo  ?
Meia-vida 8 a 11 houras
Excreção  ?
Considerações terapêuticas
Administração Per os
DL50  ?

Acenocumarol é um anticoagulante que atua como antagonista da vitamina K usado na prevenção de trombose.[1] É uma cumarina que age aumentando o tempo de protrombina. Nomes comerciais: Sintrom, Sintrome, Nicumalon, Hemotran....[2]

Deve-se avaliar a coagulação toda por semana durante o tratamento com anticoagulantes.

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Em uma dose diária de 1 a 3mg, previne a formação dos factores de coagulação II, VII, IX e X e proteína C, através da inibição da carboxilação gama de proteína precursoras mediadas pela vitamina K.

Farmacocinética[editar | editar código-fonte]

Se tomada por via oral em jejum (1h antes de comer) se absorbe rapidamente e alcança concentração máxima em 1 a 3 horas. Se une 99% a proteínas e passa pela placenta e para o leite materno. Se metaboliza intensamente a metabolitos inativos, com meia-vida de 8 a 11h, excretado 60% em urina e 30% em fezes. [3]

Contra-indicação[editar | editar código-fonte]

É contra indicado nos casos de gravidez, sensibilidade para a cumarina, cirurgia recente, vulnerabilidade a hemorragias, Coagulopatia hereditária, diátese hemorrágica, úlceras gastroduodenais, insuficiência renal ou hepática grave e patologias com risco hemorrágico. Não aplicar injeção intramuscular durante tratamento com acecumarol, pois induz hemorragias e hematomas.[4]

ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências