Acidente do teleférico de Stresa-Mottarone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Acidente do teleférico de Stresa-Mottarone
O teleférico Stresa-Mottarone, em 2014
Acidente está localizado em: Itália
Acidente
Localização do acidente
Data 23 de maio de 2021 (2021-05-23)
Local Mottarone, Piemonte, Itália
Coordenadas 45° 53' N 8° 27' 43" E
Tipo Acidente de teleférico
Mortes 14
Lesões não fatais 1 (em estado crítico)

O acidente do teleférico de Stresa-Mottarone ocorreu em 23 de maio de 2021, durante uma viagem programada, quando um teleférico caiu depois que um cabo se partiu a 300 metros do cume da montanha Mottarone, que fica perto do Lago Maior, no norte da Itália. Como resultado, catorze pessoas morreram[1][2] e uma criança ficou gravemente ferida.[3][4] O teleférico viajava em uma linha que ligava a cidade de Stresa ao cume da montanha Mottarone quando caiu em uma área de madeira, de acordo com o National Alpine Speleological Rescue Corps, que está liderando a operação de resgate.[5] O acidente foi o desastre mais mortal de teleférico na Itália desde o acidente de teleférico em Cavalese de 1998.[6]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

O teleférico Stresa-Alpino-Mottarone é um teleférico ou carro de cabos, localizado no município de Stresa, na província de Verbano Cusio Ossola, em Piemonte, cujo objetivo é conectar a famosa cidade do Lago Maior com o cume de Mottarone. Foi construído em 1970 na rota remanescente antes ocupada pela antiga ferrovia de Mottarone, e está dividido em duas seções: a primeira conecta a cidade com a aldeia de Alpino, enquanto a segunda conecta Alpino com o topo da montanha.[7][8]

Desde a sua inauguração até 2021, o teleférico passou por duas revisões extraordinárias relacionadas com a manutenção: a primeira em 2002, confiada à empresa Poma, e a segunda em 2014, operada pela empresa Leitner.[9] Um precedente do acidente ocorreu em julho de 2001, quando uma cabine com 40 passageiros foi bloqueada no meio da viagem inicial, exigindo a intervenção das forças de resgate.[10]

Acidente[editar | editar código-fonte]

O desastre ocorreu quando o teleférico de Stresa-Mottarone subia em direção ao cume da montanha Mottarone. Quando um cabo se rompeu, a cabine balançou até atingir um poste e então caiu cerca de 20 metros antes de cair pelas encostas íngremes da montanha. Eventualmente, a cabine foi parada após impactar com algumas árvores. Os caminhantes relataram ter ouvido um alto barulho pouco antes do acidente, que se acredita ter sido causado pelo rompimento de pelo menos um dos cabos. Alguns dos que morreram foram atirados da cabine quando ela tombou. Imagens de televisão mostraram o cabo mais fino rompido, pendurado no poste.[4][6]

A mídia noticia que o teleférico não estava operando há algum tempo, desde sábado, 22 de abril, por conta das medidas de segurança contra a COVID-19.[11] O presidente da associação de teleféricos suíços, Berno Stoffel, explicou à televisão suíça que os regulamentos de segurança dos teleféricos na Suíça e na Itália eram idênticos, devido à prevalência de teleféricos na Suíça e à especialização em construção e manutenção.[12]

O teleférico, construído em 1970, foi inicialmente projetado para uma capacidade de carga de 47 pessoas, porém a capacidade da cabine havia sido reduzida devido às medidas de segurança contra a COVID-19.[13]

Vítimas[editar | editar código-fonte]

Treze pessoas morreram no local do acidente,[14] enquanto duas crianças de 5 e 9 anos ficaram gravemente feridas e levadas de avião para um hospital pediátrico em Turim. Posteriormente, a criança mais nova morreu de parada cardíaca, elevando o número de mortos para 14.[15][16] As vítimas foram identificadas como oito cidadãos italianos, dos quais três eram de Vedano Olona, ​​dois de Varese, dois de Bari e um de Cosença; havia também um turista iraniano,[17] e uma família de cinco cidadãos israelenses de três gerações.[18][19]

O único sobrevivente do acidente foi o filho de 5 anos da família israelense, que ficou hospitalizado em estado crítico no hospital Regina Margherita, em Turim.[20]

O acidente foi o desastre mais mortal de teleférico na Itália desde o acidente de teleférico em Cavalese de 1998.[6] Também é classificado como o quinto desastre de teleférico mais mortal da história, superado apenas pelo acidente de teleférico em Cavalese de 1976, que matou 43 pessoas, e o acidente de teleférico em Tbilisi de 1990, o acidente de teleférico em Cavalese de 1998 e o acidente de teleférico em Saint-Étienne-en-Dévoluy de 1999, cada um dos quais matou 20 pessoas.[21]

Vítimas do desastre[17][22][23][24][25]
Vítima Nacionalidade Idade Data de nascimento
Tal Peleg  Israel 26 13 de agosto de 1994
Amit Biran 30 2 de fevereiro de 1991
Tom Biran 2 16 de março de 2019
Barbara Cohen Konisky 71 11 de fevereiro de 1950
Itshak Cohen 81 17 de novembro de 1939
Mohammadreza Shahaisavandi  Irão 22 25 de agosto de 1998
Serena Cosentino  Itália 27 4 de maio de 1994
Silvia Malnati 26 7 de julho de 1994
Alessandro Merlo 29 13 de abril de 1992
Vittorio Zorloni 54 8 de setembro de 1966
Elisabetta Personini 37 9 de julho de 1983
Mattia Zorloni 5 9 de agosto de 2015
Angelo Vito Gasparro 45 24 de abril de 1976
Roberta Pistolato 40 23 de maio de 1981

Investigação[editar | editar código-fonte]

Imediatamente após o trabalho de resgate, o promotor de Verbania, Olimpia Bossi, ordenou a apreensão do sistema de teleférico a fim de organizar investigações para esclarecer e apurar outras causas que levaram à falha do cabo do sistema.[26]

Reações[editar | editar código-fonte]

O presidente italiano Sergio Mattarella e o primeiro-ministro italiano Mario Draghi expressaram condolências e sentimentos aos familiares dos falecidos, exigindo uma forte referência às normas de segurança em vigor e à implementação de protocolos de emergência.[27] O primeiro-ministro Mario Draghi emitiu a seguinte declaração após o desastre: "Soube com profunda tristeza a notícia do trágico acidente do teleférico de Stresa-Mottarone. Expresso as condolências de todo o governo às famílias das vítimas, com um pensamento especial para as crianças gravemente feridas e suas famílias".[28]

A presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen também comunicou nas suas redes sociais as suas condolências e sentimentos às pessoas afectadas pela tragédia, e acrescentou: "Estou triste com a tragédia".[29]

Marcella Severino, a prefeita de Stresa, disse à emissora nacional RAI: ​​"Estamos arrasados, com dor".[4]

Referências

  1. «Incidente alla funivia Stresa-Mottarone, caduta una cabina: sono salite a 13 le vittime». La Stampa (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  2. «Cable Car Accident in Italy Kills 14 People | May 24, 2021». The Daily NewsBrief (em inglês). 24 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  3. «Italy cable car fall: At least 13 dead after accident near Lake Maggiore». BBC News (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  4. a b c «Italian cable car crash kills at least 13, injures three». Reuters (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  5. CNN, Barbie Latza Nadeau e Nicola Ruotolo (23 de maio de 2021). «At least 12 killed as Italian cable car plunges into woodland». CNN (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2021 
  6. a b c Winfield, Nicole (23 de maio de 2021). «Italian cable car plunges to the ground, killing at least 13». Associated Press (em inglês). Consultado em 23 de maio de 2021 
  7. «Funivia». Archivio Iconografico del Verbano Cusio Ossola (em italiano). Consultado em 24 de maio de 2021 
  8. «Parco del Mottarone» (em italiano). Consultado em 24 de maio de 2021 
  9. «Riapre la funivia del Mottarone. A dicembre 2016 per l'inizio della stagione sciistica saranno rinnovate anche le stazioni» (em italiano). 14 de agosto de 2016. Consultado em 24 de maio de 2021 
  10. «Terrore sulla funivia, 40 turisti in salvo». la Repubblica (em italiano). 13 de julho de 2001. Consultado em 24 de maio de 2021 
  11. «Seilbahn-Unglück in Norditalien: Was bekannt ist – und was nicht». Swiss Radio and Television SRF (em alemão). 24 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  12. «Stoffel: «In der Schweiz und Italien gelten die gleichen Regeln»» (em alemão). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  13. «Alpino-Mottarone (2. Sektion)». www.skiresort.info (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  14. «Italy cable car fall: 14 dead after accident near Lake Maggiore». BBC (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  15. «Italian cable car crash kills 14 people, child seriously hurt». Reuters (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  16. «La gita, poi il volo nel vuoto: chi sono le 14 vittime al Mottarone». ilGiornale.it (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  17. a b «Tragedia a Stresa: precipita una cabina della funivia: salgono a 14 i morti. Deceduto uno dei bambini feriti». La Stampa (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  18. «אסון הרכבל באיטליה: חמישה ישראלים נהרגו, חלקם בני משפחה אחת | ישראל היום». Israel Hayom (em hebraico). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  19. «איטליה: 5 ישראלים בני משפחה אחת נהרגו בקריסת רכבל באלפים». Ynet (em hebraico). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  20. staff, T. O. I. (24 de maio de 2021). «5 Israelis killed in Italian cable car crash confirmed as members of one family». www.timesofisrael.com (em inglês). Consultado em 24 de maio de 2021 
  21. Sen Nag, Oishimaya (24 de maio de 2021). «The Deadliest Cable Car Disasters In History». World Atlas (em inglês). Consultado em 24 de maio de 2021 
  22. «Tragedia di Mottarone, i nomi delle vittime». Corriere della Sera (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  23. «Eitan, il bambino sopravvissuto della funivia: «Ho paura, lasciatemi stare»». Corriere della Sera (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  24. «Funivia Stresa-Mottarone, le vittime». TGCOM24 (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  25. «Tragedia della Funivia Stresa-Mottarone, chi sono le vittime». La Stampa (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  26. «Verbania, precipita funivia Stresa-Mottarone: 14 morti». Quotidiano Nazionale (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  27. «Incidente funivia, Mattarella: 'Profondo dolore'. Cordoglio di Draghi». Sky TG24 (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021 
  28. «13 dead after Italy cable car accident - follow live updates». The Independent (em inglês). 23 de maio de 2021. Consultado em 23 de maio de 2021 
  29. «Funivia Mottarone, von der Leyen: "Sono addolorata per la tragedia"». Sky TG24 (em italiano). 23 de maio de 2021. Consultado em 24 de maio de 2021