Adelino Nascimento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adelino Nascimento
Informação geral
Nascimento 17 de setembro de 1957
País  Brasil
Data de morte 10 de abril de 2008 (50 anos)
Instrumento(s) voz
Outras ocupações compositor e cantor

Eunocelino Araújo do Nascimento (Maracaçumé, 17 de setembro de 1957 [carece de fontes?] - Aracaju, 10 de abril de 2008), conhecido pelo nome artístico de Adelino Nascimento, foi um cantor e compositor brasileiro, do gênero musical "brega"[1].

Intitulava-se "o cantor apaixonado do povão"[2]. Fez sucesso na região Nordeste do Brasil e especialmente no Maranhão. Compôs canções como Adeus Ingrata, gravada por Cláudio Fontana[3], Menina Faceira e Vou Voltar para São Luís. Começou a carreira em 1981, quando seu pai, agricultor em Turiaçu, vendeu um terreno para pagar a gravação de uma fita. Enviou a gravação a um empresário de São Paulo, que aprovou o cantor e contratou-o para gravar seu primeiro disco[4].

Candidatou-se a prefeito de Maracaçumé em 1996, mas não conseguiu se eleger.

Morreu no Hospital de Urgência João Alves Filho no dia 10 de abril de 2008. Ele sofria de asma e após um show na cidade de Japaratuba, sentiu-se mal, com problemas respiratórios, mas não quis receber atendimento médico. Passou mal novamente dias depois, quando foi internado.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2009 - Não se Vá • Unimar Music • CD
  • 1990 - Adelino Nascimento • LP
  • 1989 - O cantor apaixonado do povão • LP
  • 1988 - Adelino Nascimento • RCA Victor • Compacto simples
  •  ? - 20 supersucessos • Sony/BMG • CD

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.