Adil Abdul-Mahdi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adil Abdul-Mahdi
Nascimento 1 de janeiro de 1942 (78 anos)
Bagdá
Residência Bagdá
Cidadania Iraque
Alma mater Universidade de Bagdá
Ocupação político, economista
Religião Xiismo, Islã

Adil Abdul-Mahdi al-Muntafiki (Bagdá, 1 de janeiro de 1942) é um político iraquiano que exerceu o cargo de primeiro-ministro do Iraque de outubro de 2018 a maio de 2020. Abdul-Mahdi é economista por formação e foi um dos vice-presidentes do Iraque de 2005 a 2011. Anteriormente, atuou como ministro das Finanças no governo provisório e ministro do Petróleo de 2014 a 2016.[1]

Abdul-Mahdi é um ex-membro do poderoso partido xiita, o Conselho Supremo Islâmico do Iraque, ou SIIC.[2] Há muito tempo sediado no vizinho Irã, o grupo se opôs à administração dos Estados Unidos, mantendo laços estreitos com outros grupos apoiados pelos EUA que se opunham a Saddam Hussein, incluindo os curdos e o Congresso Nacional do Iraque.

Renúncia[editar | editar código-fonte]

Em 29 de novembro de 2019, após semanas de protestos violentos, Mahdi anunciou que renunciaria ao cargo.[3][4] O parlamento iraquiano aprovou sua renúncia em 1 de dezembro de 2019. No entanto, ele continuará no cargo até que o parlamento aprove um substituto.[5][6] Ele foi sucedido por Mustafa Al-Kadhimi.

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Iraqi prime minister accepts another minister's resignation». PressTV (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2020 
  2. «Iraq tasks Shiite independent with forming new government - SFChronicle.com». web.archive.org. 4 de outubro de 2018. Consultado em 5 de janeiro de 2020 
  3. correspondent, Martin Chulov Middle East; al-Faour, and Nadia (29 de novembro de 2019). «Iraqi PM says he will resign after weeks of violent protests». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  4. «Iraq PM to resign after bloodiest day in protests» (em inglês). 29 de novembro de 2019 
  5. «Uncertainty remains as Iraq parliament accepts PM's resignation». www.aljazeera.com. Consultado em 5 de janeiro de 2020 
  6. «Iraqi Parliament Accepts PM Adel Abdul-Mahdi Resignation, But Protesters Demand More». NPR.org (em inglês). Consultado em 5 de janeiro de 2020