Iyad Allawi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ayad Allawi
إياد علاوي
Vice-presidente do Iraque
Período 10 de outubro de 2016
a 2 de outubro de 2018
Antecessor(a) Ayad Allawi
Sucessor(a) Vago
Dados pessoais
Nascimento 31 de maio de 1944 (78 anos)
Bagdá
Alma mater Universidade de Londres

Ayad Allawi (árabe: إياد علاوي; Bagdá, 31 de maio de 1944[1]) é um político iraquiano. Ele atuou como vice-presidente do Iraque de 2014 a 2015 e de 2016 a 2018.[2][3][4] Anteriormente, ele foi primeiro-ministro interino do Iraque de 2004 a 2005 e presidente do Conselho de Governo do Iraque (38º primeiro-ministro do Iraque) em 2003.

Um proeminente ativista político iraquiano que viveu no exílio por quase 30 anos, Allawi, um muçulmano xiita, tornou-se membro do Conselho de Governo Provisório do Iraque, estabelecido pelas autoridades da coalizão liderada pelos Estados Unidos após a invasão do Iraque em 2003. Ele se tornou o primeiro chefe de governo do Iraque desde Saddam Hussein, quando o conselho foi dissolvido em 1º de junho de 2004 e o nomeou primeiro-ministro do governo provisório do Iraque. Seu mandato como primeiro-ministro terminou em 7 de abril de 2005, após a escolha do líder do Partido Islâmico Dawa, Ibrahim al-Jaafari, pela recém-eleita Assembleia Nacional Iraquiana de transição.[5]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês cujo título é «Ayad Allawi».

Referências

  1. «Ayad Allawi | Biography & Facts». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 30 de maio de 2021 
  2. «Iraq VP accuses Iran of violating Iraqi sovereignty in the Persian Gulf». Middle East Monitor. 16 de fevereiro de 2017 
  3. «ISHM: February 3 - 9, 2017». Reliefweb.int. 9 de fevereiro de 2017 
  4. «Iraqi court nullifies Abadi's earlier decision to sack 3 vice president posts». Xinhua. 11 de outubro de 2016 
  5. Cave, Damien (19 de agosto de 2007). «Maliki hangs on in the absence of a strong alternative in Iraq». IHT