Alberto de Sousa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Alberto de Sousa
Nascimento 23 de setembro de 1881
Santarém
Cidadania Portugal
Ocupação escritor, político, médico
Prêmios Oficial da Ordem Militar de Cristo

Alberto Júlio Loureiro de Sousa OC (Santarém, 23 de Setembro de 1881 - ?) foi um médico, militar, político e publicista português.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formando em 1906, na Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa, exerceu, durante alguns anos, clínica na sua terra natal, fixando-se, depois, em São Brás de Alportel, de cujo Concelho foi, a 3 de Janeiro de 1915, nomeado Médico Municipal e Subdelegado de Saúde, exercendo estes cargos até atingir o limite de idade.[1]

Como Oficial Médico Miliciano, esteve na Primeira Guerra Mundial em França.[1]

Foi, durante alguns anos, Médico no Sanatório Carlos de Vasconcelos Porto para ferroviários tuberculosos, que existiu no sítio das Almargens, nos arredores daquela vila.[1]

Foi, também, Presidente da Junta de Província do Algarve e da Comissão Distrital da União Nacional, e foi Presidente da Comissão Administrativa das Caldas de Monchique, a cujo desenvolvimento deu o melhor do seu esforço. Nesta qualidade, publicou: Em prol de uma grande riqueza do Património Nacional, Faro, 1943, e O Problema «Caldas de Monchique» através da sua longa história, Lisboa, 1951, Tese apresentada ao II Congresso Regional Algarvio.[1]

A 23 de Maio de 1932 foi feito Oficial da Ordem Militar de Cristo.[2]

Referências

  1. a b c d e Vários. Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. [S.l.]: Editorial Enciclopédia, L.da. pp. Volume 29. 758 
  2. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Alberto Júlio Loureiro de Sousa". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 5 de abril de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.