Alcaim do Cairo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Alcaim.
Alcaim
13º Califa Abássida no Cairo
Reinado 14511455
Antecessor(a) Almostacfi II
Sucessor(a) Al-Mustanjid
Dinastia Abássida
Morte 1459
Pai Mutavaquil I

Abul Baca Hâmeza Alcaim Biamir Alá (Abu al-Baqa' Hamza al-Qa'im bi-Amr Allah, dito Alcaim do Cairo (em árabe: القائم بأمر الله), foi o décimo-terceiro califa abássida do Cairo, no Egito, sob os sultões mamelucos entre 1451 e 1455. Ele foi deposto pelo sultão Ceife Aldim Inal após ele ter apoiado uma revolta dos mamelucos contra Inal.

História[editar | editar código-fonte]

Hâmeza Alcair Biamir Alá foi o quarto filho de Mutavaquil I a reinar como califa. Ele sucedeu ao Almostacfi II após a sua morte em 1451. No início de seu reinado, governava o sultão mameluco burjita Jacmaque. No decorrer de seu califado, dois outros sultões da mesma dinastia governaram:

  • Otomão, filho de Jacmaque, por um mês em 1453. Ele foi deposto com a concordância do califa.[1]
  • Inal por uns poucos meses depois.

Porém, o evento mais importante do período foi a conquista de Constantinopla pelo sultão otomano Maomé II, o Conquistador em 29 de maio de 1453, o que consolida a supremacia dos otomanos na região. Alcaim foi afastado do cargo em 1455 e substituído por seu irmão, Iúçufe Almostanjide. Ele morreu em 1459.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Alcaim do Cairo
Nascimento:  ? Morte: 1455
Precedido por:
Almostacfi II
Califas do Cairo
1451–1455
Sucedido por:
Almostanjide

Referências

  1. André Clot. L'Égypte des Mamelouks 1250-1517. L'empire des esclaves. Un sultan regretté. [S.l.: s.n.] p. 207 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.