Andy Goram

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2015). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Andy Goram
Andy Goram
Goram em ação pela Escócia, na Eurocopa de 1996.
Informações pessoais
Nome completo Andrew Lewis Goram
Data de nasc. 13 de abril de 1964 (55 anos)
Local de nasc. Bury,  Reino Unido
Altura 1,81 m
Apelido The Goalie
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
Inglaterra West Bromwich Albion
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1981–1987
1987–1991
1991–1998
1998
1998
1998–2001
2001
2001
2001–2002
2002
2002–2003
2003–2004
Inglaterra Oldham Athletic
Escócia Hibernian
Escócia Rangers
Inglaterra Notts County
Inglaterra Sheffield United
Escócia Motherwell
Inglaterra Manchester United (emp.)
Escócia Hamilton
Inglaterra Coventry City
Inglaterra Oldham Athletic
Escócia Queen of the South
Escócia Elgin City
195 (0)
138 (1)
184 (0)
1 (0)
7 (0)
57 (0)
2 (0)
1 (0)
7 (0)
4 (0)
19 (0)
5 (0)
Seleção nacional
1985–1998
1986
Flag of Scotland.svg Escócia
Flag of Scotland.svg Escócia Sub-21
43 (0)
1 (0)

Andrew "Andy" Lewis Goram (Bury, 13 de abril de 1964) é um ex-futebolista escocês nascido na Inglaterra.

Após dez anos de carreira, entre Oldham Athletic e Hibernian (onde marcou um gol), Goram chegou ao Rangers, onde mais se destacou. Participou de sete dos nove títulos seguidos no campeonato escocês conquistados pelo clube até 1997. Foi eleito pelos fãs do Rangers o melhor goleiro da história do clube, em 2001, quando já havia deixado a equipe. Goram encerrou a carreira em 2004, após jogar por 23 anos.

Pela Escócia, jogou não apenas pela Seleção de Futebol, como também pela de Críquete. Foi a duas Copas do Mundo, em 1986 e 1990, além das Eurocopas de 1992 (único torneio em que foi titular) e 1996. Era esperado que fosse ao mundial de 1998, mas, aos 34 anos, acabou preterido, embora a equipe convocada tivesse média de idade alta - o próprio goleiro titular, Jim Leighton, possuía 39 anos à época da Copa (foi o jogador mais velho da competição). Ao todo, Goram jogou 43 vezes pela equipe de futebol da Escócia e 4 pela de críquete.

Atualmente, é treinador de goleiros do Airdrieonians, da Terceira Divisão Escocesa.

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

  • No Reino Unido, em que costuma-se fazer confusões entre alguns jogadores de mesmo sobrenome, as torcidas de seus times costumam homenageá-los cantando "Só há um Johnson", "Só há um Cooper", "Só há um Matthews"; a própria torcida do Manchester United (onde o goleiro jogou 2 partidas em 2001, por empréstimo) brincava dizendo que "Só há um Ronaldo", sobre seu ídolo Cristiano Ronaldo. Depois que saiu na imprensa que Goram possuía um tipo de esquizofrenia, as torcidas de times por qual passava, bem-humoradas, passaram a cantar "Só há dois Gorams" - indo inclusive parar no título do livro Two Andy Gorams: The Funniest Football Songs Ever ("Dois Andy Gorams: As Mais Divertidas Canções de Futebol", em tradução livre).