Annabelle (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Annabelle
Pôster promocional do filme
 Estados Unidos
2014 •  cor •  99 min 
Direção John R. Leonetti
Produção Peter Safran
James Wan
Coprodução Jenny Hinkey
Carey W. Hayes
Chad Hayes
Produção executiva Richard Brener
Walter Hamada
Dave Neustadter
Hans Ritter
Steven Mnuchin
Roteiro Gary Dauberman
Elenco Annabelle Wallis
Ward Horton
Alfre Woodard
Gênero Terror, Mistério, Suspense
Música Joseph Bishara
Direção de arte Douglas Cumming
Direção de fotografia James Kniest
Figurino Janet Ingram
Edição Tom Elkins
Companhia(s) produtora(s) New Line Cinema
RatPac Entertainment
Atomic Monster
The Safran Company
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de outubro de 2014
Brasil 9 de outubro de 2014
Portugal 9 de outubro de 2014
Idioma Inglês
Orçamento US$ 6,5 milhões
Receita US$ 256 873 813
Cronologia
The Conjuring (2013)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Annabelle é um filme norte-americano de terror sobrenatural de 2014 dirigido por John R. Leonetti, produzido por James Wan e escrito por Gary Dauberman. É um spin-off de The Conjuring[1] e começa com a mesma cena de abertura do filme, em 1968, em que um grupo de enfermeiros está dizendo a Ed e Lorraine Warren sobre suas experiências com uma boneca chamada Annabelle que, eles acreditam ser mal-assombrada. Ele se desenvolve contando a história de um jovem casal atormentado pela boneca vítima de um ritual que deseja uma alma para si.

O filme é estrelado por Annabelle Wallis e Ward Horton. Foi lançado mundialmente no dia 3 de outubro de 2014.[2] Annabelle estreou no TCL Chinese Theatre, em Hollywood, Los Angeles, em 29 de setembro de 2014.[3]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O filme começa com a mesma cena de abertura de The Conjuring, em 1968, em que duas mulheres e um homem estão dizendo a Ed e Lorraine Warren sobre suas experiências com uma boneca chamada Annabelle que eles acreditam ser assombrada.

Em 1967, John e Mia Form estão esperando seu primeiro bebê. John dá a ela uma boneca que ela vem tentando encontrar. Mia gosta e a coloca com o resto de sua coleção de bonecas, dizendo que ela "se encaixa bem". À noite, Mia ouve um assassinato que ocorre na casa de seus vizinhos, os Higgins, e é atacada por uma mulher segurando a boneca e seu cúmplice, um homem. John e a polícia chegam e matam o homem, enquanto a mulher se mata. Ela deixa um símbolo sangrento desenhado na parede e uma gota de seu sangue cai sobre o rosto da boneca em seus braços. A reportagem mostra que os assaltantes eram Annabelle Higgins e seu namorado. Eles haviam assassinado os pais e dizem terem sido parte de um culto satânico.

Pensando que a boneca está envolvida com os misteriosos acontecimentos, Mia pede a John para jogá-la fora. Mais tarde, depois de um incêndio causado pela boneca, Mia tropeça ao tentar escapar do fogo e entra em trabalho de parto, ela dá à luz uma menina saudável chamada Lea. A família se muda para um novo apartamento. Mia descompacta suas bonecas e encontra aquela que eles tinham pensado ter sido descartada, agora conhecida como Annabelle. Como esperado, a atividade mais estranha assola Mia e seu bebê. Ela contacta o detetive, que lhe informa sobre Annabelle e da história de seu namorado em um culto que visa conjugar um demônio, reivindicando uma alma. Mia vai correndo à livraria de uma mulher chamada Evelyn e determina a partir de um livro que a presença assombrada quer a alma de Lea. O casal entra em contato o sacerdote de sua igreja, o padre Pérez, que leva a boneca com ele à igreja. O fantasma de Annabelle o ataca com a aparência de uma criatura demoníaca, e a boneca desaparece. Evelyn diz a Mia que ela tinha uma filha chamada Ruby, que tinha quase a mesma idade que ela quando morreu em um acidente de carro causado por sua própria mãe. Estava tão perturbada e cheia de culpa que tentou o suicídio. No entanto, ela afirma ter ouvido a voz de Ruby dizendo-lhe que não era a sua hora.

Perez avisa John que era realmente o espírito de Annabelle que causaram seus ferimentos, e que ela levará uma alma naquela noite. John corre para avisar Mia. No apartamento, a presença demoníaca empurra Evelyn para fora do apartamento e provoca Mia. Ela tenta destruir Annabelle e o demônio então pede pela sua alma no lugar de sua filha. John e Evelyn arrombam a porta e encontram Mia pronta para saltar para fora da janela com Annabelle em suas mãos. John salva Mia; Evelyn se apodera da boneca e decide fazer o sacrifício, sabendo que esta é a maneira dela poder expiar a morte de sua filha. Ela salta para fora da janela e é mostrada na parte inferior do prédio, morta ao lado da boneca. Lea é então encontrada sã e salva em seu berço.

Seis meses depois, os Forms se mudam e não viram Annabelle desde então. Em outros lugares, a mãe de uma das meninas na cena de abertura compra a boneca como um presente para sua filha. O texto de encerramento do filme afirma que a verdadeira boneca Annabelle acaba residindo no museu de Ed e Lorraine Warren e que o local é abençoado por um padre, duas vezes por mês para manter a segurança pública do mal que ainda reside na boneca.

A cena final mostra a câmera em que Annabelle permanece, como se ela fosse fazer um movimento antes da tela cortar para o fundo preto.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Annabelle Wallace[4] como Mia
  • Ward Horton[4] como John
  • Tony Amendola como Padre Perez
  • Alfre Woodard[5] como Evelyn
  • Eric Ladin[6] como Detetive Clarkin
  • Ivar Brogger como Dr. Burgher
  • Brian Howe[6] como Pete Higgins
  • Kerry O'Malley como Sharon Higgins
  • Tree O'Toole como Annabelle Higgins
  • Keira Daniels como Annabelle Higgins (criança)
  • Morganna May como Debbie
  • Michelle Romano como Mary
  • Joseph Bishara como Demônio

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 8 de novembro de 2013, foi anunciado que um filme spin-off de The Conjuring, com a boneca Annabelle, estava sendo desenvolvido pela Warner Bros. Pictures e a New Line Cinema, com Tony DeRosa-Grund, Peter Safran e James Wan na produção e John R. Leonetti definido para dirigir o filme com um roteiro escrito por Gary Dauberman na Primavera de 2014.[1]

Escolha do elenco[editar | editar código-fonte]

Em 15 de janeiro de 2014, notícias confirmaram que Annabelle Wallis e Ward Horton se juntaram ao elenco principal do filme, que Leonetti estava dirigindo a partir de um texto de Gary Dauberman .[7] A produção foi definida a começar em 27 de janeiro de 2014, em Los Angeles.[8] Mais tarde, em 28 de janeiro, mais dois atores, Eric Ladin e Brian Howe, juntaram-se ao elenco do filme.[9] Em 30 de janeiro de 2014, Alfre Woodard juntou-se ao elenco do filme, que foi filmando em Los Angeles.[10]

Filmagem[editar | editar código-fonte]

As filmagens começaram em 27 de janeiro de 2014 em Los Angeles.[8][10][11] Em 25 de fevereiro de 2014, a filmagem estava em andamento em um apartamento no South Normandie Avenue, a equipe de 55 membros filmou lá por vários dias.[12] O diretor John R. Leonetti e produtor Peter Safran disseram aos jornalistas que o cenário de Annabelle era "assombrado" e que eles pensaram que "fenômenos sobrenaturais" haviam ocorrido lá.[13]

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Comercialização[editar | editar código-fonte]

O primeiro trailer do filme foi lançado em 17 de julho de 2014.[14]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

A Warner Bros. definiu o lançamento mundialmente do filme para o dia 3 de outubro de 2014.[2] Foi lançado em mais de 52 mercados estrangeiros em sua semana de estreia.[15]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Annabelle teve uma recepção mista para negativa por parte da crítica especializada. Com base de 27 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 37% no Metacritic. Por votos dos usuários do site, atinge uma nota de 5.2, usada para avaliar a recepção do público. No Rotten Tomatoes, o filme possui uma pontuação de 29%, com base em 119 críticas, com média 4.4/10.[16][17] Scott Foundas da Variety deu ao filme uma crítica positiva, chamando o filme de "inspirado", mas periodicamente barato. Ele acrescentou "um corte do preço da superélativa casa assombrada do sucesso spin-off de James Wan The Conjuring, que (parcialmente) faz-se em efeitos de choque bruto que lhe falta em habilidade, atmosfera e quase todas as outras áreas. E o Scott dá a melhor nota entre todos os avaliadores esta rapidinha da Warner e New Line vai saciar a sede dos obstinados fãs do gênero posto para fora pelo abismal Dracula Untold.[18]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Em 8 de outubro de 2014, Annabelle havia arrecadado 43 922 000 dólares na América do Norte e 23 000 000 dólares em outros países, arrecadando mundialmente 66 922 000.

Sequência[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Annabelle 2

Dan Fellman disse ao Washington Post que o estúdio estava considerando uma série de filmes baseada em Annabelle. A sequência está atualmente em pré-produção.[19] Em outubro de 2015, foi relatado que Gary Dauberman estaria retornando para escrever o roteiro da sequência.[20]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Reilly, Mark (8 de novembro de 2013). «THE CONJURING Gets a Spin-Off Movie with ANNABELL!» (em inglês). schmoesknow.com. Consultado em 23 de julho de 2014 
  2. a b McNary (25 de fevereiro de 2014). «Warner Bros Scheduling Spree Continues With 'The Conjuring 2′, 'Mean Moms', 2 Others» (em inglês). deadline.com. Consultado em 23 de julho de 2014 
  3. «Annabelle Premiere». United Press International. Consultado em 30 de Setembro de 2014 
  4. a b Sneider, Jeff (15 de janeiro de 2014). «New Line's 'Conjuring' Spinoff 'Annabelle' Casts Its Leads (Exclusive)» (em inglês). The Wrap. Consultado em 23 de julho de 2014 
  5. McNary, Dave (30 de janeiro de 2014). «Alfre Woodard Materializes in Horror-Thriller 'Annabelle' (EXCLUSIVE)» (em inglês). Variety. Consultado em 23 de julho e 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. a b Creepy, Uncle (28 de janeiro de 2014). «Two More Actors To Be Haunted By Annabelle» (em inglês). dreadcentral.com. Consultado em 23 de julho de 2014 
  7. Sneider, Jeff (15 de janeiro de 2014). «New Line's 'Conjuring' Spinoff 'Annabelle' Casts Its Leads (Exclusive)» (em inglês). The Wrap. Consultado em 23 de julho de 2014 
  8. a b McNary, Dave (15 de janeiro de 2014). «'The Conjuring' Spinoff 'Annabelle' Starts Shooting Jan. 27» (em inglês). Variety. Consultado em 24 de julho de 2014 
  9. Creepy, Uncle (28 de janeiro de 2014). «Two More Actors To Be Haunted By Annabelle» (em inglês). dreadcentral.com. Consultado em 23 de julho de 2014 
  10. a b McNary, Dave (30 de janeiro de 2014). «Alfre Woodard Materializes in Horror-Thriller 'Annabelle' (EXCLUSIVE)» (em inglês). Variety. Consultado em 23 de julho e 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. Bussey, Ben (31 de janeiro de 2014). «The Conjuring spin-off Annabelle starts production» (em inglês). Yahoo. Consultado em 24 de julho de 2014 
  12. Verrier, Richard (25 de fevereiro de 2014). «'Conjuring' spinoff 'Annabelle' is filming in Los Angeles» (em inglês). Los Angeles Times. Consultado em 24 de julho de 2014 
  13. Casas, Alyssa (30 de setembro de 2014). «'Annabelle' Director John Leonetti Talks About Shooting on a Haunted Set» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 2 de novembro de 2014 
  14. Anderton, Ethan (17 de julho de 2014). «Watch: First Teaser Trailer for 'The Conjuring' Spin-Off 'Annabelle'» (em inglês). firstshowing.net. Consultado em 23 de julho de 2014 
  15. Tartagloine, Nancy (28 de setembro de 2014). «Int'l Box Office Update: 'The Equalizer' Clocks $17.8M In Debut; 'Maze Runner' Races To $91M Cume; More» (em inglês). Deadline.com. Consultado em 22 de outubro de 2014 
  16. «Annabelle» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 15 de julho de 2016 
  17. «Annabelle» (em inglês). Metacritic. Consultado em 28 de outubro de 2014 
  18. «Scotte Foundas» (em inglês). Variety. Consultado em 11 de outubro de 2014 
  19. Kang, Cecilia (9 de outubro de 2014). «The sums of all fear: Horror makes a Hollywood comeback». The Washington Post (em inglês). ISSN 0190-8286 
  20. «Annabelle | Filme derivado de Invocação do Mal terá continuação». Omelete. plus.google.com/115416604494251056860. Consultado em 18 de outubro de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]