Antonio Lavareda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Lavareda
Nome completo José Antonio Guimarães Lavareda Filho
Nascimento 5 de julho de 1951 (67 anos)
Recife, PE  Brasil
Alma mater Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro
Ocupação Cientista político
Empresário
Escritor
Página oficial
http://antoniolavareda.com/

José Antonio Guimarães Lavareda[1] Filho (Recife, 5 de julho de 1951) é um cientista político, empresário e escritor brasileiro especialista em comportamento eleitoral e marketing político[2][3].

Antonio é pioneiro, no Brasil, nos estudos teóricos e na utilização de ferramentas de neuropolítica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antonio é doutor em ciência política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

É diretor-presidente da MCI-Estratégia. Também é presidente do conselho científico do Instituto de Pesquisas Sociais Políticas e Econômicas (IPESPE)[4] e fundador do Laboratório de Neurociência Aplicada (NeuroLab).[5].

É professor colaborador da pós-graduação em ciência política da UFPE. Foi professor e coordenador do mestrado em ciência política da UFPE (1984-1986) e pesquisador visitante na Universidade da Califórnia em Berkeley (1983-1984)[6].

Participou, como coordenador ou consultor de estratégia de 91 campanhas majoritárias - presidente, governadores, senadores e prefeitos - em todo o país, tendo trabalhado também em Portugal e na Bolívia.

Foi sócio do publicitário Duda Mendonça na agência de propaganda DM/Blackninja, produto da fusão da Duda Propaganda, de Mendonça,[7] com a BlackNinja, de Lavareda.[8]

Apresenta um programa de televisão, o Ponto a Ponto[9]”, dedicado às pesquisas de opinião pública, juntamente com a jornalista Mônica Bergamo, na BandNews TV, e é colunista da BandNews FM.[10]

Desde setembro de 2017, apresenta o programa de entrevistas 20 Minutos na TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco, no programa já entrevistou o Ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho, o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, o Ministro do TCU, José Múcio Monteiro e o cantor baiano ex-Ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Obras[editar | editar código-fonte]

Antonio é autor de livros nas áreas de opinião pública, partidos políticos e eleições:

  • Governo de Oposição em Pernambuco: limites e possibilidades. Com Cristovam Buarque, 1982.
  • Representação, Legitimidade e Crise Política‎. Recife: Editora Universitária da UFPE, 1985, 152p.[2]
  • Poder e Voto: luta política em Pernambuco‎. Recife: Massangana, 1986, 210p. Coorganizador com Constança Pereira de Sá.
  • A Vitória de Arraes‎. Recife: Inojosa, 1987, 280p. Organizador[2]
  • A Democracia nas Urnas: o processo partidário-eleitoral brasileiro (1945-1964). Rio de Janeiro: IUPERJ, 1991, 219 p.[1][11]
  • Partidos no Pós-guerra: primeiras eleições em Pernambuco. Recife: UFPE, 2008, 184p.
  • Emoções Ocultas e Estratégias Eleitorais. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009 ISBN 9788539000340[12][2]
  • Como o Eleitor Escolhe seu Prefeito: xampanha e voto nas eleições municipais. Rio de Janeiro: FGV, 2011, 404p. Coorganizador com Helcimara Telles.[3]
  • A Relevância da Ciência Política: comentários à contribuição de Olavo Brasil de Lima Jr. Rio de Janeiro: Revan, 2014, 280p. Coorganizador com Gláucio Ary Dillon Soares.[13]
  • Voto e Estratégias de Comunicação Política na América Latina. Curitiba: Appris, 2015, 257p. Coorganizador com Helcimara Telles.[4]
  • A Lógica das Eleições Municipais. Rio de Janeiro: FGV, 2016, 420p. Coorganizador com Helcimara Telles.[5]
  • Neuropropaganda de A a Z: o que um publicitário não pode desconhecer. São Paulo: Record, 2016, 248p. Coautor com João Paulo Castro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Antonio Lavareda». Antonio Lavareda. Consultado em 6 de maio de 2016 
  2. a b c Consultor Jurídico (26 de novembro de 2009). «Especialista lança livro sobre marketing eleitoral». Consultado em 29 de maio de 2010 
  3. «O que esperar do governo? Haverá reação? Quatro opiniões - BBC Brasil». BBC Brasil. Consultado em 22 de abril de 2016 
  4. «Ipespe | Página inicial» 
  5. «Neurolab». www.neurolabbrasil.com.br. Consultado em 22 de abril de 2016 
  6. CNPq. Currículo
  7. «Duda Mendonça anuncia nova agência. Fusão da Duda Propaganda com a recifense Blackninja gera a DM/Blackninja». Propmark. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  8. «Duda-Mendonça e Lavareda criam a DMBlackninja». Brasil 247. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  9. «Vídeos - Band News TV - Band.com.br». Band News TV. Consultado em 22 de abril de 2016 
  10. «Band News FM». bandnewsfm.band.uol.com.br. Consultado em 22 de abril de 2016 
  11. «A DEMOCRACIA NAS URNAS - Editora Revan». www.revan.com.br. Consultado em 22 de abirl de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. Editora Objetiva. «Emoções ocultas e estratégias eleitorais» 
  13. «www.revan.com.br/produto/A-RELEVANCIA-DA-CIENCIA-POLITICA-647 - Editora Revan». A Relevância da Ciência Política. Consultado em 22 de abril de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um empresário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.