Antonio Lavareda

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Lavareda
Nome completo José Antonio Guimarães Lavareda Filho
Nascimento 5 de julho de 1951 (68 anos)
Recife, PE  Brasil
Alma mater Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro
Ocupação Cientista político
Empresário
Escritor
Página oficial
http://antoniolavareda.com/

José Antonio Guimarães Lavareda[1] Filho (Recife, 5 de julho de 1951) é um cientista político, empresário e escritor brasileiro especialista em comportamento eleitoral e marketing político[2][3].

Antonio é pioneiro, no Brasil, nos estudos teóricos e na utilização de ferramentas de neuropolítica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antonio é doutor em ciência política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

É diretor-presidente da MCI-Estratégia. Também é presidente do conselho científico do Instituto de Pesquisas Sociais Políticas e Econômicas (IPESPE)[4] e fundador do Laboratório de Neurociência Aplicada (NeuroLab).[5].

É professor colaborador da pós-graduação em ciência política da UFPE. Foi professor e coordenador do mestrado em ciência política da UFPE (1984-1986) e pesquisador visitante na Universidade da Califórnia em Berkeley (1983-1984)[6].

Participou, como coordenador ou consultor de estratégia de 91 campanhas majoritárias - presidente, governadores, senadores e prefeitos - em todo o país, tendo trabalhado também em Portugal e na Bolívia.

Foi sócio do publicitário Duda Mendonça na agência de propaganda DM/Blackninja, produto da fusão da Duda Propaganda, de Mendonça,[7] com a BlackNinja, de Lavareda.[8]

Apresenta um programa de televisão, o Ponto a Ponto[9]”, dedicado às pesquisas de opinião pública, juntamente com a jornalista Mônica Bergamo, na BandNews TV, e é colunista da BandNews FM.[10]

Desde setembro de 2017, apresenta o programa de entrevistas 20 Minutos na TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco, no programa já entrevistou o Ministro de Minas e Energia Fernando Coelho Filho, o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, o Ministro da Defesa, Raul Jungmann, o Ministro do TCU, José Múcio Monteiro e o cantor baiano ex-Ministro da Cultura, Gilberto Gil.

Obras[editar | editar código-fonte]

Antonio é autor de livros nas áreas de opinião pública, partidos políticos e eleições:

  • Governo de Oposição em Pernambuco: limites e possibilidades. Com Cristovam Buarque, 1982.
  • Representação, Legitimidade e Crise Política‎. Recife: Editora Universitária da UFPE, 1985, 152p.[2]
  • Poder e Voto: luta política em Pernambuco‎. Recife: Massangana, 1986, 210p. Coorganizador com Constança Pereira de Sá.
  • A Vitória de Arraes‎. Recife: Inojosa, 1987, 280p. Organizador[2]
  • A Democracia nas Urnas: o processo partidário-eleitoral brasileiro (1945-1964). Rio de Janeiro: IUPERJ, 1991, 219 p.[1][11]
  • Partidos no Pós-guerra: primeiras eleições em Pernambuco. Recife: UFPE, 2008, 184p.
  • Emoções Ocultas e Estratégias Eleitorais. Rio de Janeiro: Objetiva, 2009 ISBN 9788539000340[12][2]
  • Como o Eleitor Escolhe seu Prefeito: xampanha e voto nas eleições municipais. Rio de Janeiro: FGV, 2011, 404p. Coorganizador com Helcimara Telles.[3]
  • A Relevância da Ciência Política: comentários à contribuição de Olavo Brasil de Lima Jr. Rio de Janeiro: Revan, 2014, 280p. Coorganizador com Gláucio Ary Dillon Soares.[13]
  • Voto e Estratégias de Comunicação Política na América Latina. Curitiba: Appris, 2015, 257p. Coorganizador com Helcimara Telles.[4]
  • A Lógica das Eleições Municipais. Rio de Janeiro: FGV, 2016, 420p. Coorganizador com Helcimara Telles.[5]
  • Neuropropaganda de A a Z: o que um publicitário não pode desconhecer. São Paulo: Record, 2016, 248p. Coautor com João Paulo Castro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Antonio Lavareda». Antonio Lavareda. Consultado em 6 de maio de 2016 
  2. a b c Consultor Jurídico (26 de novembro de 2009). «Especialista lança livro sobre marketing eleitoral». Consultado em 29 de maio de 2010 
  3. «O que esperar do governo? Haverá reação? Quatro opiniões - BBC Brasil». BBC Brasil. Consultado em 22 de abril de 2016 
  4. «Ipespe | Página inicial» 
  5. «Neurolab». www.neurolabbrasil.com.br. Consultado em 22 de abril de 2016 
  6. CNPq. Currículo
  7. «Duda Mendonça anuncia nova agência. Fusão da Duda Propaganda com a recifense Blackninja gera a DM/Blackninja». Propmark. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  8. «Duda-Mendonça e Lavareda criam a DMBlackninja». Brasil 247. Consultado em 3 de dezembro de 2012 
  9. «Vídeos - Band News TV - Band.com.br». Band News TV. Consultado em 22 de abril de 2016 
  10. «Band News FM». bandnewsfm.band.uol.com.br. Consultado em 22 de abril de 2016. Arquivado do original em 28 de agosto de 2016 
  11. «A DEMOCRACIA NAS URNAS - Editora Revan». www.revan.com.br. Consultado em 22 de abirl de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. Editora Objetiva. «Emoções ocultas e estratégias eleitorais» 
  13. «www.revan.com.br/produto/A-RELEVANCIA-DA-CIENCIA-POLITICA-647 - Editora Revan». A Relevância da Ciência Política. Consultado em 22 de abril de 2016 
Ícone de esboço Este artigo sobre um empresário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.