Anuska, Manequim e Mulher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Anuska, Manequim e Mulher
 Brasil
1968 •  p&b •  95 min 
Direção Francisco Ramalho Jr.
Roteiro Ignácio de Loyola Brandão / Francisco Ramalho Jr.
Elenco Francisco Cuoco
Marília Branco
Ivan Mesquita
Luís Sérgio Person
Ruthinéa de Moraes
Gênero drama
Idioma português
Francisco Cuoco

Anuska, Manequim e Mulher é um filme brasileiro de 1968, do gênero drama, dirigido por Francisco Ramalho Jr., com roteiro baseado em história original de Ignácio de Loyola Brandão.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Uma aspirante a modelo troca seu amante de meia-idade por um belo e jovem escritor.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde abril de 2018).
  • Anuska, manequim e mulher é baseado no conto Ascensão ao mundo de Annuska, do livro Depois do sol, de Ignácio de Loyola Brandão, que é também co-autor do roteiro do filme.
  • O filme marca a estreia de José de Abreu no cinema.
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.