Ruthinéa de Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ruthinéa de Moraes
Nome completo Ruthinéa de Moraes
Nascimento 1 de junho de 1930
Rio de Janeiro, RJ
Morte 24 de julho de 1998 (68 anos)
São Paulo, SP
Ocupação atriz
Atividade 1957 - 1998
Cônjuge João José Pompeo

Ruthinéa de Moraes (Rio de Janeiro, 1 de junho de 1930São Paulo, 24 de julho de 1998) foi uma atriz brasileira.

Em 1966 brilha como a prostituta Neusa Suely, na primeira montagem da peça "Navalha na Carne", de Plínio Marcos. Atua em inúmeras outras, como "Quarto de Empregada", "Gimba", "A Semente" e "Soraia Posto 2", onde ganha os prêmios Saci e Governador do Estado.

Recebeu o troféu de melhor atriz coadjuvante no Festival de Gramado de 1982 pela atuação no filme Sete Dias de Agonia, de Denoy de Oliveira. Faz rodou três filmes, sendo que o cineasta foi o responsável por sua volta às telas em 1997, depois de 10 anos afastada, em "A Grande Noitada", seu último filme.

Em 1998 retorna ao teatro, na peça "Laços Eternos". Morreu aos 68 anos de ataque do coração.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Malu Mulher». Wikipédia, a enciclopédia livre. 26 de agosto de 2017 
  2. Cinemateca Brasileira Possuídas pelo Pecado [em linha]
  3. «Ato de Violência». Cinemateca Brasileira. Consultado em 25 de agosto de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]