Aperibé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aperibé
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Aperibé
Bandeira
Brasão de armas de Aperibé
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Cidade Simpatia"
Gentílico aperibeense
Localização
Localização de Aperibé no Rio de Janeiro
Localização de Aperibé no Rio de Janeiro
Aperibé está localizado em: Brasil
Aperibé
Localização de Aperibé no Brasil
Mapa de Aperibé
Coordenadas 21° 37' 15" S 42° 06' 10" O
País Brasil
Unidade federativa Rio de Janeiro
Municípios limítrofes Cambuci, Itaocara e Santo Antônio de Pádua
Distância até a capital 270 km
História
Fundação 10 de abril de 1992 (27 anos)
Aniversário 10 de abril
Administração
Prefeito(a) Vandelar Dias da Silva (PSDB, 2018 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 88,780 km²
População total (IBGE/2018[2]) 11 612 hab.
Densidade 130,8 hab./km²
Clima tropical (Aw)
Altitude 71 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 28495-000
Indicadores
IDH (PNUD/2000 [3]) 0,756 alto
 • Posição 48º
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 70 936,650 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 7 530,43
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião
www.aperibe.rj.gov.br (Prefeitura)
www.cmaperibe.rj.gov.br (Câmara)

Aperibé é um município do estado do Rio de Janeiro, no Brasil. É banhado pelos rios Pomba e Paraíba do Sul. Tem a maioria de sua população urbana e, aos poucos, começa a possuir uma infraestrutura adequada, com uma indústria formada por mais de uma dezena de Fundições, indústria de Fio Dental, Confecções, Marmorarias que respondem pela principal fonte de emprego. Seu comércio é pujante, com 4 bons Supermercados, 5 Farmácias, Clínicas Médica e Odontológica. Na área educacional, além de uma boa rede Municipal, conta com uma Escola Particular de Ensino Fundamental que atende aos parâmetros de qualidade exigidos pelo MEC. Seu padroeiro é São Sebastião, comemorado no Feriado Municipal, dia 20 de Janeiro.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome "Aperibé" vem de Ape Ribe, que, em tupi-guarani, significa "calmo, tranquilo".(carece de fontes)

História[editar | editar código-fonte]

Os mais antigos habitantes conhecidos da região atualmente ocupada pelo município foram os índios puris. A estação ferroviária Chave do Faria, inaugurada em 1883, impulsionou o povoamento da região[5]. Em divisão territorial datada de 1 de julho de 1950, o distrito de Aperibé permaneceu no município de Santo Antônio de Pádua assim permanecendo até a divisão territorial datada de 1 de julho de 1983.

O antigo distrito de Chave do Faria, atual município de Aperibé, emancipou-se, em 1992, do município de Santo Antônio de Pádua, quando então contava com uma área de aproximadamente 90 km². Na época, os emancipacionistas reivindicavam o direito de os produtores usarem os trens de carga da Rede Ferroviária Federal, que ligavam o interior de Minas Gerais ao município de Campos dos Goytacazes. Elevado a município pela Lei Estadual nº 1.985, de 10 de abril de 1992, foi desmembrado de Santo Antônio de Pádua e constituído em distrito-sede, sendo instalado em 1 de janeiro de 1993.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 89,53 km². As peculiaridades do relevo e da hidrografia do município são, respectivamente: os alinhamentos de cristas do Paraíba do Sul, a depressão (vale) do médio Paraíba, as planícies aluviais dos rios Pomba e Paraíba do Sul, o desaguamento do rio Pomba no rio Paraíba do Sul.

Bairros:

- Bairro Industrial

- Beira Rio

- Campos Verdes

- Centro

- Cidade Nova

- Coracy

- Fagundes

- Faria Leite

- Ferreira da Luz

- Loteamento Cabloco

- Loteamento Caetano

- Loteamento Derane

- Loteamento Figueira

- Loteamento Oliveira

- Palmeiras

- Pinheiros

- Ponte Seca

- Serrinha

- Verdes Campos

Administração pública[editar | editar código-fonte]

Poder Executivo

O atual prefeito de Aperibé é Vandelar Dias da Silva (PSDB), eleito com 52,69% dos votos válidos em eleição suplementar realizada no dia 28 de outubro de 2018. Vandelar tomou posse do cargo no dia 22 de novembro do mesmo ano, substituindo o interino Virley Figueira (PP). O vice-prefeito é Rodolfo Fonseca Salvador (PL). Dos cinco ex-prefeitos eleitos em Aperibé ao longo de duas décadas de emancipação político-administrativa do município, apenas os dois primeiros, Ataíde Faria e Alfredo Telles, cumpriram integralmente seus mandatos. Paulo Fernando "Foguetinho" Dias ficou asfatado do cargo, por decisão judicial, durante três meses, entre fevereiro e maio de 2008, período em que a vice Ivete Gregório exerceu a função de prefeita interina, mas Foguetinho foi reconduzido ao cargo pela justiça e concluiu o mandato. Em dezembro de 2015, Dr. Flávio Gomes de Sousa se antecipou à Justiça Eleitoral e renunciou ao mandato, junto de seu vice Adimilson Jorge, antes que fossem cassados. Presidente da câmara quando das renúncias de Dr. Flávio e Adimilson, Flávio "Dezoito" Diniz Berriel assumiu a prefeitura e foi reeleito nas eleições de 2016, mas ações da Justiça Eleitoral entre maio e junho de 2018 puseram fim aos mandatos de Dezoito e seu vice Ronald "Roninho" Moreira na Prefeitura de Aperibé, tendo sido definitivamente afastados dos cargos no dia 29 de junho daquele ano.

Poder Legislativo
Ver artigo principal: Lista de vereadores de Aperibé

O Poder Legislativo é representado pela câmara municipal, composta por nove vereadores com mandato de 4 anos. Cabe aos vereadores na Câmara Municipal de Aperibé, especialmente fiscalizar o orçamento do município, além de elaborar projetos de lei fundamentais à administração, ao Executivo e principalmente para beneficiar a comunidade.

  • Presidentes da câmara: Ivanir Leal Eccard (1993-94), Vanderlei Lanes (1995-96), Pedro Paulo Ferreira Pena (1997-98), Amilton de Souza Cordeiro (1999-2000), Milton Omar dos Santos (2001-03), José Carlos Fazol (2004), Margareth Caspary Barreto Dias (2005), Lutero Rodrigues (2006-07), Ernesto Abreu Vieira (2008, 2009-10), Nicanor Lino da Silva (2008), Inácio Martins Zanata (2011), Flávio Diniz Berriel (2012-15), Jairo Barbosa Alves Pereira (2015-16), Virley Gonçalves Figueira (2017-18), Genilson Faria (2018), João Augusto Macedo de Araújo (2019-atualmente).

Cultura[editar | editar código-fonte]

Esporte[editar | editar código-fonte]

O time de futebol da cidade - Aperibeense Futebol Clube - disputou a 3ª divisão do campeonato estadual em 2013. Posteriormente a 2ª divisão, quase se classificando para a 1ª divisão.

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Aperibé. Disponível em http://www.ferias.tur.br/informacoes/6847/aperibe-rj.html. Acesso em 12 de janeiro de 2013.