Aquário (astrologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aquário Aquarius.svg
21 de janeiro a 19 de fevereiro
Aquarius2.jpg
Elemento Qualidade Polaridade
Ar Fixo Masculino [Nota 1]
Planeta regente
Urano e Saturno [1]
Exílio Exaltação Queda
Sol Mercúrio Netuno
Casa natural
Casa XI
Signo
Anterior Oposto Seguinte
Capricórnio[2] Leão Peixes[2]

Aquário é o décimo primeiro[2] signo astrológico do zodíaco, situado entre Capricórnio[2] e Peixes[2] e associado à constelação de Aquarius[2]. Seu símbolo é o aguadeiro. Forma com Gêmeos[1] e Libra[2] a triplicidade dos signos do Ar. É também um dos quatro signos fixos, juntamente com Touro, Leão e Escorpião. Com pequenas variações nas datas dependendo do ano, os aquarianos são as pessoas nascidas entre 21 de janeiro e 19 de fevereiro.

Mitologia[editar | editar código-fonte]

Higino, em seu livro Astronomica, apresenta três versões da mitologia. Muitos dizem que Aquário é Ganimedes, um rapaz muito belo que Zeus levou para o Olimpo, para se tornar o garçom dos deuses; por este motivo, ele é mostrado carregando uma urna que derrama água.[3]

Segundo Hegesianax, Aquário é Deucalião, porque durante seu reinado caiu tanta água do céu que resultou no dilúvio.[3] Segundo Eubulus, Aquário é Cécrope, comemorando a antiguidade da raça, e mostrando que os homens usavam água nos sacrifícios aos deuses, antes do conhecimento do vinho, pois Cécrope reinou antes da descoberta do vinho.[3]

Aspectos comportamentais[editar | editar código-fonte]

A personalidade de quem tem Sol em aquário é realmente instigante. Completamente racional, o aquariano costuma ser crítico e detesta a ideia de ter que se submeter a regras e padrões. Originalidade é sua marca registrada, por isso é apaixonado por tudo o que é novo e, principalmente, pelo universo da tecnologia.

Os aquarianos detestam o preconceito. Estão sempre engajados em lutas sociais e não desistem de seus objetivos enquanto não os alcançam completamente. Estão sempre contestando o mundo que os cerca e são donos de ideias revolucionarias. Tudo influencia de seu regente, o diferente e moderno Urano.

Seu elemento é o Ar, responsável pela agilidade de seu pensamento e a sua maneira mais fria de encarar a vida. Aliás, esta qualidade faz com que os aquarianos detestem relacionamentos melosos e pessoas dependentes. Pessoas de Gêmeos, Libra e Leão sãos as melhores opções de relacionamento.[4]

Ascendente[editar | editar código-fonte]

Com uma aparência um pouco desligada, um pouco desinteressada, quem tem ascendente em Aquário é sociável, aberto ao novo e ao outro, mas sempre mantém uma certa distância em suas relações. Isso porque sente um medo intrínseco de perda de liberdade, e teme que as relações possam privá-lo disso. Em equipe, costuma ser aquele que apresenta as soluções mais engenhosas para os problemas. É amigo de todo mundo e todos sentem que podem contar com ele. Mas ao mesmo tempo ele sabe que pode contar apenas com poucas pessoas na vida.[5]

Notas e referências

Notas

  1. Os signos se alternam entre masculino e feminino, de acordo com o Tetrabiblos (ver Livro I, Capítulo XV), começando com Áries, masculino.

Referências

  1. a b Cláudio Ptolomeu, Tetrabiblos, Livro I, Capítulo XXI, As triplicidades [em linha]
  2. a b c d e Cláudio Ptolomeu, Tetrabiblos, Livro I, Capítulo IX, A influência das estrelas fixas [em linha]
  3. a b c Higino, Astronomica, XXIX, Aquário ou O que serve água
  4. «Características do signo de aquário». 
  5. «Ascendente: O ponto de partida da sua vida». 
Ícone de esboço Este artigo sobre esoterismo ou ocultismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.