BG Crucis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
BG Crucis
Dados observacionais (J2000)
Constelação Crux
Asc. reta 12h 31m 40,3s[1]
Declinação -59° 25′ 26,1″[1]
Magnitude aparente 5,53[1]
Características
Tipo espectral F7 Ib-II[1]
F5 III[2]
F5Ib-G0p[3]
Cor (U-B) 0,41[1]
Cor (B-V) 0,62[4]
Variabilidade Cefeida clássica[3]
Astrometria
Velocidade radial -19,3 km/s[5]
Mov. próprio (AR) -12,84 mas/a[1]
Mov. próprio (DEC) -3,39 mas/a[1]
Paralaxe 2,33 ± 0,39 mas[1]
Distância 1400 ± 230 anos-luz
430 ± 70 pc
Detalhes
Massa 6,3 ± 0,5[2] M
Luminosidade 1 185[6] L
Temperatura 5 819[4] K
Rotação >22 ± 1,8 km/s[4]
Idade 63,7 ± 15,8 milhões[2] de anos
Outras denominações
BG Crucis, 35 Crucis, CD-58 4603, HR 4768, HD 108968, HIP 61136, SAO 240027.[1]
BG Crucis
Crux constellation map.png

BG Crucis (BG Cru) é uma estrela variável na constelação de Crux. Tem uma magnitude aparente de 5,53,[1] sendo visível a olho nu em boas condições de visualização. Com base em medições de paralaxe, está localizada a aproximadamente 1 400 anos-luz (430 parsecs) da Terra.[1] É classificada com um tipo espectral de F7 Ib-II,[1] indicando que é uma estrela de classe F que apresenta características de uma supergigante e gigante luminosa. Tem 6,3 vezes a massa solar[2] e está brilhando com cerca de 1 200 vezes a luminosidade solar[6] a uma temperatura efetiva de 5 800 K.[4]

BG Crucis é uma variável Cefeida clássica, pulsando entre magnitude aparente 5,34 e 5,58 periodicamente a cada 3,3428 dias, variando entre classes espectrais F5 e G0.[3] Suspeita-se que possua uma estrela companheira de tipo desconhecido com um período orbital de cerca de 5 000 dias.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j k l «SIMBAD query result - 35 Cru». SIMBAD. Centre de Données astronomiques de Strasbourg. Consultado em 4 de agosto de 2014 
  2. a b c d Tetzlaff, N.; Neuhäuser, R.; Hohle, M. M (janeiro de 2011). «A catalogue of young runaway Hipparcos stars within 3 kpc from the Sun». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 410 (1). pp. pp. 190–200. Bibcode:2011MNRAS.410..190T. doi:10.1111/j.1365-2966.2010.17434.x 
  3. a b c «VSX : Detail for BG Cru». The International Variable Star Index. American Association of Variable Star Observers (AAVSO). Consultado em 12 de agosto de 2014 
  4. a b c d Ammler-von Eiff, M.; Reiners, A (junho de 2012). «New measurements of rotation and differential rotation in A-F stars: are there two populations of differentially rotating stars?». Astronomy & Astrophysics. 542. pp. A116, 31 pp. Bibcode:2012A&A...542A.116A. doi:10.1051/0004-6361/201118724 
  5. de Bruijne, J. H. J.; Eilers, A.-C (outubro de 2012). «Radial velocities for the HIPPARCOS-Gaia Hundred-Thousand-Proper-Motion project». Astronomy & Astrophysics. 546. pp. A61, 14 pp. Bibcode:2012A&A...546A..61D. doi:10.1051/0004-6361/201219219 
  6. a b McDonald, I.; Zijlstra, A. A.; Boyer, M. L (novembro de 2012). «Fundamental parameters and infrared excesses of Hipparcos stars». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 427 (1). pp. pp. 343–357. Bibcode:2012MNRAS.427..343M. doi:10.1111/j.1365-2966.2012.21873.x 
  7. Eggleton, P. P.; Tokovinin, A. A (setembro de 2008). «A catalogue of multiplicity among bright stellar systems». Monthly Notices of the Royal Astronomical Society. 389 (2). pp. pp. 869–879. Bibcode:2008MNRAS.389..869E. doi:10.1111/j.1365-2966.2008.13596.x 
Ícone de esboço Este artigo sobre Estrelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.