Bad Lieutenant: Port of Call New Orleans

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bad Lieutenant: Port of Call New Orleans
Tenente Mau ou Polícia sem Lei (PT)
Vicio Frenético (BR)
 Estados Unidos
2009 • cor • 122 min 
Direção Werner Herzog
Produção Edward R. Pressman
Nicolas Cage
Avi Lerner
Alan Polsky
Gabe Polsky
Roteiro William Finkelstein
Elenco Nicolas Cage
Eva Mendes
Jennifer Coolidge
Val Kilmer
Brad Dourif
Xzibit
Fairuza Balk
Gênero drama, ação, policial
Idioma inglês
Música Mark Isham
Cinematografia Peter Zeitlinger
Edição Joe Bini
Estúdio Millennium Films
Saturn Films
Distribuição First Look Studios
Lançamento Estados Unidos 20 de novembro de 2009[1]
Brasil 15 de janeiro de 2010
Portugal 20 de maio de 2010
Orçamento US$ 25 milhões
Receita US$ 10,429,451
Cronologia
Último
Último
Bad Lieutenant (1992)
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Bad Lieutenant: Port of Call New Orleans (br: Vicio Frenético / pt: Tenente Mau ou Polícia sem Lei) é um filme estadunidense de 2009, dirigido por Werner Herzog e estrelado por Nicolas Cage, Eva Mendes, Tom Bower, Jennifer Coolidge, Xzibit, Val Kilmer e Brad Dourif. O filme leva o título do filme Bad Lieutenant[2] de Abel Ferrara de 1992 porém, de acordo com Herzog, o filme não é nem uma sequência, nem uma refilmagem, mas sim uma recriação da mesma história.[3] Herzog declarou ainda que não assistiu ao longa-metragem original.[4]

O filme estreou em 9 de setembro de 2009, no 66º Festival Internacional de Cinema de Veneza , onde ganhou o Christopher D. Smithers Foundation Special Award para Herzog. Foi inaugurado em liberação geral nos Estados Unidos em 20 de novembro de 2009.[1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após salvar um prisioneiro de afogamento em decorrência do furacão Katrina, o detetive Terence McDonagh (Nicolas Cage) é promovido a tenente. Com as costas seriamente contundidas, passa a depender de analgésicos para aguentar a dor. Um ano depois, está viciado em Vicodin e cocaína, mas continua trabalhando em nome da lei. Quando uma família de imigrantes africanos é assassinada, ele é nomeado para o caso e sai à procura do assassino. Mas seu próprio envolvimento em atividades ilegais compromete seus padrões morais e ameaça colocar sua missão em risco.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Nicolas Cage, Eva Mendes e Werner Herzog no Festival de Cinema de Veneza para a estréia do filme.

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi anunciado pela primeira vez em Maio de 2008, Werner Herzog foi escolhido para dirigir e Nicolas Cage para estrelar. O roteiro foi escrito pelo roteirista de TV William Finkelstein[5] . Uma das principais alterações do filme original estava foi a ambientação de Nova York para Nova Orleans.[6] Isso Herzog insiste que o filme não é um remake, dizendo: "É só tem um policial corrupto como o personagem principal e isso é tudo ".[2] em 2009 no Oscar, Herzog disse que nunca viu o filme de Ferrara, dizendo: "Eu não vi, então não posso compará-lo. Não tem nada a ver com isso ".[7] Herzog não gosto da idéia de um remake e desejado para alterar o título do filme, mas não teve sucesso. Herzog disse: "Eu lutei contra o título desde o primeiro momento", mas acrescentou: "Eu posso viver com isso, eu não tenho nenhum problema com ele em tudo. O título é provavelmente um erro, mas que assim seja".[8]

Atriz Eva Mendes, que atuou com Cage no filme de 2007 Ghost Rider, se juntou ao elenco no mês de junho. [9] As filmagens começaram em 7 de julho de 2008, em Louisiana[10] e também ao redor de South Mississippi, filmando algumas cenas no Casino Hollywood em Bay St. Louis.

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Independent Spirit Awards

  • Indicado na Categoria Melhor Fotografia

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]