Baldur's Gate: Dark Alliance

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade(desde novembro de 2017). Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Baldur's Gate: Dark Alliance
Produtora(s) Snowblind Studios
Editora(s) Black Isle Studios
Compositor(es) Jeremy Soule

Will Loconto

Plataforma(s) PlayStation 2, Xbox, GameCube, Game Boy Advance
Data(s) de lançamento 10 de Fevereiro de 2015
Gênero(s) Role-Playing Game
Modos de jogo Single Player, Multiplayer

Baldur's Gate: Dark Alliance I é um jogo no estilo Role-Playing Game baseado no RPG Dungeons & Dragons, desenvolvido por Black Isle Studios, uma divisão de Interplay Entertainment, e distribuído por Vivendi Universal Games. A versão do Game Boy Advance foi publicada pela DSI Games. O CD Projekt estava desenvolvendo uma versão para PC, mas esta foi cancelada. O jogo se passa no mundo místico de Forgotten Realms. É o primeiro jogo da série Dark Alliance, que é a primeira aparição da série Baldur's Gate na plataforma PlayStation 2.

Foi conduzido para GameCube por High Voltage Software, e para Game Boy Advance por Magic Pockets.

Sua jogabilidade é baseada nas regras de Dungeons & Dragons 3rd edition, que foi lançado em 2000. É o primeiro video game a implementar a aplicação em tempo real das novas regras.[1]

Lançamentos[editar | editar código-fonte]

  • PlayStation 2 4 de dezembro de 2001[2]
  • Xbox22 de Outubro de 2002[3]
  • GameCube' 20 de Novembro de 2002[4]
  • Game Boy Advance10 de Fevereiro de 2004[5]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

O sistema da batalha no jogo é simples, e permite a customização. O arqueiro humano, por exemplo, pode atribuir mais pontos de experiência em destreza do que a de força, que resultará em flechadas mais poderosas. Entretanto, as estatísticas de cada personagem é pré-ajustado, e o jogador pode somente customizar as estatísticas de seu personagem ao ganhar pontos de experiência. Há também relativamente poucos personagens não jogáveis, ou seja NPCs: os únicos personagens com quem se pode falar são aqueles que te dão missões.

Baldur's Gate: Dark Alliance permitiu melhoras comparado ao Baldur's Gate de PC, como a luz dinâmica, fundos em tempo real e sombras dos personagens, inteiramente em caráter 3D. Os gráficos, no detalhe, foram considerados um destaque do jogo por muitos críticos. Os gráficos são tão precisos que cada personagem não pode somente mudar sua aparência dependendo de sua armadura que usam, mas podem também ser despidos de toda sua armadura, deixando-os com roupas de baixo.

Referências

  1. Hwang, Kaiser (18 de outubro de 2002). «Baldur's Gate: Dark Alliance Review (Xbox)». IGN. Consultado em 24 de agosto de 2013 
  2. «Baldur's Gate: Dark Alliance (PS2)». GameSpy. Consultado em 6 de setembro de 2013 
  3. «Baldur's Gate: Dark Alliance (Xbox)». GameSpy. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  4. «Baldur's Gate: Dark Alliance (GameCube)». GameSpy. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  5. «Baldur's Gate: Dark Alliance (GBA)». IGN. Consultado em 25 de janeiro de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Baldur's Gate: Dark Alliance II

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.