Barragem de Santa Clara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Barragem de Santa Clara
Barragem de Santa Clara Alentejo (2264826229).jpg
Localização
Município Odemira, Beja
Bacia hidrográfica Mira
Rio Rio Mira
Coordenadas 37°30'50.821"N, 8°26'32.305"W
Dados gerais
Uso Rega, Abastecimento, Energia, Defesa contra cheias
Data de inauguração 11 de Maio de 1969
Dados da barragem
Tipo Aterro, Terra zonada
Altura 83 m
Cota de coroamento 135 m
Fundação Pórfiros, Xistos e Grauvaques
Dados da albufeira
Capacidade total 485.000.000
Capacidade útil 240.300.000
Pleno armazenamento 130 m

A Barragem de Santa Clara (anteriormente conhecida por Barragem Marcelo Caetano[1]) é uma barragem situada no rio Mira, concelho de Odemira, no Alentejo Litoral, perto do limite com a região algarvia. Localiza-se na freguesia de Santa Clara-a-Velha. Já foi em tempos a maior barragem portuguesa.

Foi construída com o objectivo de regadio para todo o concelho.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Atividades disponíveis[editar | editar código-fonte]

Alojamentos próximos[editar | editar código-fonte]

Rega[editar | editar código-fonte]

Em 2017, as perdas de água da barragem, sobretudo através dos canais de distribuição para rega, chegam aos 40 por cento, problema que o Governo espera resolver com o Programa Nacional de Regadios.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. www.webuild.pt. «Santa Clara | ABM». www.abm.pt. Consultado em 3 de julho de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barragem de Santa Clara
Ícone de esboço Este artigo sobre Hidrografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.