Barsoom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barsoom

Capa da primeira edição de Princess of Mars (1917)
Livros
A Princess of Mars (1917)
The Gods of Mars (1918)
The Warlord of Mars (1919)
Thuvia, Maid of Mars(1920)
The Chessmen of Mars (1922)
The Master Mind of Mars (1928)
A Fighting Man of Mars (1931)
Swords of Mars (1936)
Synthetic Men of Mars (1940)
Llana of Gathol (1948)
John Carter of Mars (1964)
Autor Edgar Rice Burroughs
Título original Barsoom series
Tradutor Brasil Ricardo Giassetti
Idioma original inglês
Publicado entre 1917-1964 (nos EUA)
2010-presente (no Brasil)
Editora Brasil Editora Aleph
País  EUA
Gênero fantasia científica

Barsoom, é uma representação ficcional do Planeta Marte criado pelo escritor americano Edgar Rice Burroughs, mais conhecido pela série literária Tarzan dos Macacos[1] . Composta por 11 volumes, Burroughs idealizou a primeira história da série em 1911, mas foi apenas no ano seguinte, em 1912, que ele a escreveu, iniciando a série ao publicá-la, no formato de conto subdividido em capítulos mensais, na revista pulp americana All-Story. Na época, a história foi batizada com o título de Under the Moons of Mars ("Sob as Luas de Marte", em tradução literal), e só apenas em 1917, Burroughs reuniu os textos publicados entre 1912 e 1913 na All Story em um livro. A publicação ganhou o título de A Princess of Mars[2] ("Uma Princesa de Marte"), formado pelo qual é publicado desde então em todo o mundo.

A série conta as aventuras de John Carter, um veterno da Guerra Civil Americana que é misteriosamente transportado para o Planeta Marte (chamada de Barsoom pelos próprios habitantes do planeta)[2] .


Primeiro sucesso do gênero romance planetário, a série narra as aventuras de seus personagens em Marte, descrito como um planeta moribundo com base no trabalho de Percival Lowell e Camille Flammarion sobre os supostos canais de Marte.[3] Os três primeiros romances focam-se as aventuras de John Carter em Barsoom, desde a sua chegada no planeta, até sua nomeação como Warlord de Barsoom.

Os seguintes romances dedicados a outros personagens, incluindo filhos e netos de John Carter, este último aparecendo mais frequentemente como um personagem secundário.


No Brasil, a série de livros traduzidas para o português do país permaneceu inédita até 2010. Até então, o personagem só havia sido publicado no Brasil em histórias em quadrinhos[4] . Desde 2010, a Editora Aleph publica a série no país, tendo publicado até então os três primeiros romances da série, o já citado "A Princesa de Marte", "Os Deuses de Marte" e "O Comandante de Marte"[5] , em 2012, a editora Casa da Palavra lançou "John Carter: Entre Dois Mundos", versão romantizada do filme homônimo da Walt Disney Pictures[6] .


Os livros[editar | editar código-fonte]

Burroughs começou a escrever os livros no segundo semestre de 1911, e produziu um volume por ano, entre 1911 e 1914; foram produzidos mais de sete entre 1921 e 1941.[7] O primeiro conto da série Barsoom foi publicado na revista The All-Story como Under the Moons of Mars (1912), e em seguida, um publicado em capa dura como o romance completo A Princess of Mars (1917).[8] [9] O final da série foi uma novela, Skeleton Men of Jupiter, publicado na revista Amazing Stories em fevereiro de 1943.[10]


Ordem Título Publicação seriada Publicação como romance Narrador fictício Ano no romance
1 A Princess of Mars Fevereiro a julho de 1912, All-Story Outubro de 1917 McClurg John Carter 1866-1876
2 The Gods of Mars Janeiro a maio de 1913, All-Story setembro de 1918, McClurg John Carter 1886
3 The Warlord of Mars Dezembro 1913 a março de 1914, All-Story setembro 1919, McClurg John Carter 1887-1888
4 Thuvia, Maid of Mars Abril 1916, All-Story Weekly outubro 1920, McClurg terceira pessoa 1888 ~ 1898
5 The Chessmen of Mars Fevereiro a março de 1922, Argosy All-Story Weekly novembro 1922, McClurg terceira pessoa 1898 ~ 1917
6 The Master Mind of Mars 15 de julho de 1927, Amazing Stories Anual março 1928, McClurg Ulysses Paxton 1917
7 A Fighting Man of Mars Abril a setembro de 1930, Blue Book Maio 1931, Metropolitan Tan Hadron 1928
8 Swords of Mars Novembro 1934 a abril de 1935, Blue Book Fevereiro 1936, Burroughs John Carter 1928 ~ 1934
9 Synthetic Men of Mars Janeiro-fevereiro de 1939, Argosy Weekly Março de 1940, Burroughs Vor Daj 1934 ~ 1938
10 Llana de Gathol Março a outubro de 1941, Amazing Stories Março 1948, Burroughs John Carter 1938 ~ 1940
11 John Carter de Marte - uma coleção novela contendo:

John Carter and the Giant of Mars
(atribuído a John Coleman Burroughs)
Janeiro 1941, Amazing Stories Julho de 1964 no Canaveral terceira pessoa 1940

Skeleton Homens de Júpiter
(atribuído a Edgar Rice Burroughs)
Fevereiro 1943, Amazing Stories John Carter 1941 -1942



Gênero[editar | editar código-fonte]

Enquanto a série é muitas vezes classificada como fantasia científica, também pertence aos subgêneros romance planetário e espada e planeta,[11] que possuem afinidades com a fantasia[12] e a espada e feitiçaria. Distingue-se pela sua inclusão de elementos científicos (ou pseudo-científicos). Tradicionalmente, romances planetários ocorrem na superfície de um mundo alienígena, e muitas vezes incluem lutas de espadas; monstros; elementos sobrenaturais, tais como: habilidades telepáticas (em oposição a magia); E culturas semelhantes a do Planeta Terra em épocas pré-industriais, especialmente com as estruturas sociais teocráticos ou dinásticas. Naves espaciais podem aparecer normalmente, mas não são fundamentais para a história; Esta é uma diferença fundamental da space opera, em que geralmente naves espaciais são fundamentais para a narrativa. Embora existam exemplos anteriores no gênero, a série exerceu uma influência dominante em autores posteriores.[12]

O romance também compartilha uma série de elementos de faroestes, como ambientações desérticas, mulheres sendo raptadas, e um climático confronto de vida ou morte com o antagonista.[13]

Personagens principais[editar | editar código-fonte]

John Carter.
  • John Carter, é um nativo de Virginia humana, EUA. Enquanto morava na Terra lutou na Guerra Civil no lado confederado, servindo como capitão. Ele descobriu uma mina de ouro por isso é imensamente rico. Fugindo um grupo de índios pele vermelha entra refúgio em uma caverna onde ele entra em um estado de sonolência. Ao acordar ele se encontra em Barsoom ( Marte).
  • Dejah Thoris filha de Mors Kajak e neta de Tardos Mors Jeddak de Helium. Ela é uma princesa marciano do reino Helium dos homens vermelhos, de aparência humana e excepcionalmente bela. Ele é corajoso e decidido e muitas vezes em perigo mortal. Ela é o interesse amoroso de John Carter.
  • Tars Tarkas marciano verde, grande guerreiro, feroz, cruel e corajoso.
  • Alone uma marciana verde, filha secreta de Tars Tarkas é de bom coração e bons sentimentos, o que torna Thark um traidor de seu povo.
  • Woola, uma espécie de cão marciano monstruoso e gigantesco, com cabeça de sapo e presas. Professa lealdade absoluta para John Carter.
  • Sarkoja um marciano verde, nove anos de idade, pérfido, cruel e traiçoeiro.
  • Tal Hajus um verde marciano Jeddak de Thark, famoso por sua extrema crueldade e ferocidade com prisioneiros que caem em suas mãos.

Tharks[editar | editar código-fonte]

Tharks
Espécie de Barsoom
Exemplo de Thark, arte de J. Allen St. John para o livro Thuvia, Maid of Mars, publicado em 1920
Primeira Aparição Uma Princesa de Marte
Tipo alienígena
Criados por Edgar Rice Burroughs
Tipo alienígena
Planeta Planeta Marte


Tharks é uma tribo de marcianos verdes de Barsoom[14] . Os Tharks são descritos como monstruosas criaturas de quatro braços[15] .

Referências

  1. Steve Bowkett,Tim Harding, Trisha Lee, Roy Leighton. Happy Families: Insights Into the Art of Parenting. [S.l.]: Continuum International Publishing Group, 2008. 42 p. 9781855394476
  2. a b Leonardo Vicente Di Sessa (27/05/2010). Review - Livro: Uma Princesa de Marte. HQManiacs
  3. Causo, Roberto de Sousa. Ficção Científica,Fantasia e Horror no Brasil: 1875 a 1950. [S.l.]: Editora UFMG, 2003. ISBN 978-8-570-41355-0
  4. Dellano Rios (4 de maio de 2010). Epopeia marciana Diário do Nordeste.
  5. O Comandante de Marte Editora Aleph.
  6. Soldado da Guerra Civil vira herói em Marte em 'John Carter' Livraria da Folha (19/03/2012).
  7. Clareson, Thomas D. (1971). SF: the Other Side of Realism. Popular Press. 229 p.ISBN 0-87972-023-9.
  8. Dick, Steven J. (1999). The Biological Universe. Cambridge University Press. 239 p. ISBN 978-0-19-517181-5.
  9. Stableford, Brian (2006). Science Fact and Science Fiction. CRC Press. 284 p. ISBN 0-415-97460-7.
  10. Bleiler, Everett Franklin; Bleiler, Richard (1990). Science Fiction, the Early Years. Kent State University Press. 101 p. ISBN 0-87338-416-4.
  11. M. Keith Booker. Encyclopedia of Comic Books and Graphic Novels: [Two Volumes]. [S.l.]: ABC-CLIO, 2010. 627 p. 9780313357473
  12. a b Westfahl, Gary (2000). Space and Beyond. Greenwood Publishing Groups. ISBN 0-313-30846-2.
  13. White, Craig (2006). Student Companion to James Fenimore Cooper. Greenwood Publishing Group. ISBN 0-313-33413-7.
  14. John Carter: trechos do filme Revista Recreio (27/02/2012).
  15. Leonardo Vicente Di Sessa (27/05/2010). Review - Uma Princesa de Marte HQManiacs.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barsoom
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.