Bento Fernandes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Bento Fernandes
Bandeira de Bento Fernandes
Brasão de Bento Fernandes
Bandeira Brasão
Hino
Gentílico bentofernandense
Prefeito(a) Paulo Marques de Oliveira Junior (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Bento Fernandes
Localização de Bento Fernandes no Rio Grande do Norte
Bento Fernandes está localizado em: Brasil
Bento Fernandes
Localização de Bento Fernandes no Brasil
05° 41' 38" S 35° 49' 12" O05° 41' 38" S 35° 49' 12" O
Unidade federativa  Rio Grande do Norte
Mesorregião Agreste Potiguar IBGE/2008[1]
Microrregião Baixa Verde IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Poço Branco, João Câmara, Taipu, Ielmo Marinho, Santa Maria e Riachuelo
Distância até a capital 94 km
Características geográficas
Área 301,075 km² [2]
População 5 493 hab. IBGE/2016[3]
Densidade 18,24 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,582 baixo PNUD/2010[4]
PIB R$ 23 896,553 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 632,91 IBGE/2008[5]

Bento Fernandes, município no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), localizado na microrregião da Baixa Verde. De acordo com o censo realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2016, sua população é de 5.493 habitantes. Área territorial de 335 km².

O município foi emancipado de Taipu através da Lei nº 2.353, de 31 de dezembro de 1958. Limita-se com João Câmara (norte), Poço Branco (leste), Riachuelo, Santa Maria e Ielmo Marinho (sul), Caiçara do Rio do Vento e Jardim de Anjicos (oeste). Desde 25 de junho de 1963 pela lei estadual 2889 possui o distrito de Belo Horizonte.[6]

A sede do município está a 5° 41’ 38” de latitude sul e 35° 49’ 11” de longitude oeste. A altitude é de 111 m acima do nível do mar e a distância rodoviária até a capital é de 88 km. A pluviosidade média aferida no município, segundo o IDEMA é de 522,5 mm.

Ainda de acordo com o IDEMA, o solo da região é do tipo podzólico vermelho amarelo equivalente eutrófico abrúptico plínthico e planossolo solódico.

O solo tem aptidão regular para lavouras e para pastagem plantada. Terras aptas para culturas especiais de ciclo longo, tais como algodão arbóreo, sisal, caju e coco.

Economia[editar | editar código-fonte]

De acordo com dados do IPEA do ano de 1996, o PIB era estimado em R$ 1,65 milhões, sendo que 50,7% correspondia às atividades baseadas na agricultura e na pecuária, 1,4% à indústria e 47,9% ao setor de serviços. O PIB per capita era de R$ 358,29.

Em 2002, conforme estimativas do IBGE, o PIB havia evoluído para R$ 9,657 milhões e o PIB per capita para aproximadamente R$ 1.985,00.

Produção agrícola[editar | editar código-fonte]

IBGE (2003)
Lavoura Quantidade produzida (ton.) Valor da produção (R$ mil) Área plantada (ha.) Área colhida (ha.) Rendimento médio (kg/ha.)
Algodão herbáceo (em caroço) 104 83 160 160 650
Castanha-de-caju 26 23 100 100 260
Coco-da-baía 53 (mil frutos) 16 15 15 3.533 frutos/ha.
Feijão (em grão) 336 202 840 840 400
Mandioca 3.600 720 450 450 8.000
Milho (em grão) 360 18 600 600 600

Pecuária[editar | editar código-fonte]

IBGE (2003)
Rebanho Efetivo (cabeças)
Bovino 6.292
Suíno 813
Eqüinos 137
Asininos (jumentos) 233
Muares (mulas) 63
Ovinos 1.274
Galinhas 3.760
Galos, frangas, frangos e pintos 5.100
Caprinos 1.428
Vacas ordenhadas 2.128
IBGE (2003)
Gênero Produção
Leite de vaca 1.226 (mil litros)
Ovos de galinha 24 (mil dúzias)

Dados estatísticos[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

IBGE (2003)
Ensino Alunos matriculados Professores
Fundamental 1.393 69
Médio 284 11

Índice de Desenvolvimento Humano[editar | editar código-fonte]

PNUD (2000)
IDH 1991 2000
Renda 0,393 0,458
Longevidade 0,548 0,594
Educação 0,503 0,683
Total 0,481 0,579[2]

Saneamento urbano[editar | editar código-fonte]

IBGE (2000)
Serviço Domicílios (%)
Água 96,1%
Esgoto sanitário 0,2%
Coleta de lixo 88,8%

Saúde[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Índice de analfabetismo comparável ao da Índia (32º mais alto).
  2. IDH de nível médio, comparável ao de Myanmar (129º do mundo).
  3. Mortalidade infantil comparável à de Laos (28ª mais elevada).
  4. Esperança de vida comparável à de Myanmar (143ª).

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2013. 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010. 
  6. «Bento Fernandes» (PDF). Consultado em 19 de janeiro de 2010. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]