Bradford Dillman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bradford Dillman
Na série de televisão F.B.I. (1966)
Nascimento 14 de abril de 1930
São Francisco, Califórnia, Estados Unidos
Nacionalidade Norte-americano
Morte 16 de janeiro de 2018 (87 anos)
Santa Bárbara, Califórnia
Ocupação Ator e escritor
Festival de Cannes
Prémio de interpretação masculina
1959
IMDb: (inglês)

Bradford Dillman (São Francisco, 14 de abril de 1930 - Santa Bárbara, 16 de janeiro de 2018[1]) foi um ator e escritor norte-americano.[2][3]

Em 1959, ele recebeu o prêmio de Melhor Interpretação Masculina no Festival de Cannes por seu trabalho em Compulsion.[nota 1] [3]

Referências

  1. Fernando Gomes. «Bradford Dillman, do filme Estranha Compulsão, morre aos 87 anos». Cinema com Rapadura. Consultado em 24 de janeiro de 2018. 
  2. Hollywood.com. Bradford Dillman. Acessado em 17 de junho de 2010
  3. a b American Legends. Bradford Dillman. Acessado em 17 de junho de 2010

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Partilhado com Orson Welles e Dean Stockwell, pelo mesmo filme.
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.