Preguiça-comum

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Bradypus variegatus)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa



Como ler uma infocaixa de taxonomiaPreguiça-comum
Bradypus.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Mammalia
Infraclasse: Placentalia
Superordem: Xenarthra
Ordem: Pilosa
Família: Bradypodidae
Género: Bradypus
Espécie: B. variegatus
Nome binomial
Bradypus variegatus
Schinz, 1825
Distribuição geográfica
Bolivian Three-toed Sloth area.png
Preguiça-comum (Bradypus variegatus) - Brown-throated sloth.jpg

A Preguiça-comum (Bradypus Variegatus) também conhecida como Preguiça-de-garganta-marrom, essa espécie está inserida na ordem Pilosa, subordem Folivora e família Bradypodidae (preguiças de três dedos).  Esses animaizinhos de cara simpática medem em torno de 50 centímetros de comprimento, mas podem atingir até um metro. São em geral de cor cinza com riscos branco ou marrom, com manchas claras ou pretas. Ás vezes apresentam coloração verde por conta dos musgos dos troncos das árvores que ficam fixados em seu corpo. Tal mecanismo auxilia na capacidade de sobrevivência do animal, pois o camufla por entre a vegetação.[1]

Características[editar | editar código-fonte]

 A preguiça-comum, tem os pelos longos, grossos e ondulados, com coloração que varia do marrom-pálido ao marrom-amarelado, com manchas esbranquiçadas concentradas na parte dorsal próxima aos membros posteriores (Emmons 1990, Eisenberg & Redford 1999). Os pelos da face são mais curtos e na faixa suborbital apresentam cor mais clara, ressaltando uma faixa de cor negra que contorna os olhos, como uma máscara, e que se estende para baixo pelas laterais da face (Wetzel 1985, Miranda & Costa 2006, Silva 2012). Os pelos do pescoço são castanhos em toda sua extensão. Em algumas localidades, principalmente na área simpátrica com B. tridactylus. Os pelos da região rostral do pescoço podem ser dourados, mas sempre com a base castanha. B. variegatus não apresenta o forame nasofaríngeo rostro dorsal, observados somente em B. tridactylus (Wetzel & Kcok 1973). O ventre possui uma coloração uniforme castanho acinzentado similar à do dorso, mas sem as manchas brancas (Silva 2012).[2]

SlothDWA

Dieta[editar | editar código-fonte]

A alimentação desses animais é puramente herbívora. Alimentam-se das folhas de embaúba, figueira e ingazeira, sendo que desta última também são aproveitados os frutos. Para digestão de tamanhas quantidades de fibras, esses animais possuem estômago poligástrico, divididos em três regiões (cardia, fundo e piloro) que capacitam as preguiças a realizarem os processos digestivos através de fermentação gástrica. [3] Por necessitarem de pouca água para processos fisiológicos, a ingestão de água pelas preguiças é limitada aos alimentos, disto parte a preferência e seletividade destes animais por folhas mais jovens, que vão apresentar menores concentrações de fatores antinutricionais e maiores concentrações de açúcares, água e proteínas [4]

A preguiça comum não apresenta dentes incisivos, sendo por isso enquadrada como Endendatas. A B. variegatus apresenta somente os molares e seus dentes não possuem esmalte nem raiz, caracterizando sua especialidade de maceração dos alimentos ingeridos.

Distribuição geográfica[editar | editar código-fonte]

Natural da Mata Atlântica e da Amazônia, o bicho-preguiça pode ser encontrado também em outros países da América do Sul e da América Central. Embora ainda não seja considerado um animal em extinção, já está desaparecendo de diversas regiões onde era comum - como no Nordeste brasileiro.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Por não se tratar de um animal predador, a preguiça-comum possui estratégias de sobrevivência, como a coloração de sua pelagem, capacidade de camuflagem com musgos de árvores e até seus movimentos lentos e silenciosos são capazes de confundir e desviar a atenção de predadores.

Devido ao desmatamento e as queimadas no seu habitat natural, é possível encontrar preguiças em fuga em áreas próximas às cidades, tornando estes animais presas fáceis para caçadores ilegais [5]

São animais de hábitos preferencialmente noturnos, sendo o período de sol utilizado para descanso, particularmente relacionado com o período de alimentação, digestão e saciação.[6] Elas passam até 8h do dia dormindo, quando em seu ambiente natural, e cerca de 14h quando em cativeiro. Apesar de serem animais lentos são ótimas nadadoras, sendo isto de importância significativa, devido à possibilidade de queda em rios e lagos.

Fazem suas necessidades fisiológicas de sete em sete dias e na maioria das vezes quando vão ao solo.

O grande “predador” das preguiças é o homem com a caça proibida, podendo ainda ser caça de onças e cobras.

Referências

  1. «Bichos da mata/Bicho-preguiça - Wikilivros». pt.wikibooks.org. Wiki Livros. 31 de outubro de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018. 
  2. Nadia de Moraes-Barros, Gileno Antonio Araújo Xavier. «Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - Mamíferos - Bradypus variegatus - preguiça comum». www.icmbio.gov.br. Ministério do Meio Ambiente. Consultado em 8 de novembro de 2018. 
  3. Pinheiro, Shery Duque (2008). «COMPORTAMENTO ALIMENTAR DA PREGUIÇA COMUM Bradypus Variegatus (SHINZ,1825) (XERNATHRA BRADIPODIDAE) NO PARQUE CENTENÁRIO DE BARRA MANSA-RJ». COMPORTAMENTO ALIMENTAR DA PREGUIÇA COMUM Bradypus Variegatus (SHINZ,1825) (XERNATHRA BRADIPODIDAE) NO PARQUE CENTENÁRIO DE BARRA MANSA-RJ 
  4. CHIARELLO (Set. 1998.). «Diet of Atlantic forest maned sloth Bradypus torquatus (Xenarthra:Bradipodidae)». Journal Zoology, London, v. 246, n.1,  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. «Bicho-Preguiça». Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Prefeitura de Petrópolis. Consultado em 18 de outubro de 2018. 
  6. Silva (Dezembro, 2017). «Monitoramento do bicho-preguiça Bradypus variegatus Schinz, 1825 (Xenarthra: Bradypodidae) em um remanescente de Floresta Atlântica (João Pessoa-PB, Nordeste do Brasil).». Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade. Vol. 4, n.8, p. 299-312 
Ícone de esboço Este artigo sobre mamíferos é um esboço relacionado ao Projeto Mamíferos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Preguiça-comum