Célia Lawson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde maio de 2017). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Célia LAwson
Informação geral
Nome completo Célia Maria Fernandes Lawson
Nascimento 9 de junho de 1974 (45 anos)
Local de nascimento Angola
Portugal Portugal
Nacionalidade portuguesa
Gênero(s) Rock, Hard Rock

Célia Lawson (Angola, 9 de Junho de 1974) é uma cantora portuguesa .

Com 15 anos ingressou em algumas bandas, primeiro de "covers" e depois de originais. Em 1992 faz parte do coro de Adelaide Ferreira durante a digressão desse ano.

Em 1993 entrou para os V12, uma conhecida banda de metal. Colaborou também com os Crash, banda de "covers" de hard-rock. Em 1994 fez coros para o tema "Imagens de Música", de Ed Sant’ana, apresentado numa das semifinais do Festival RTP da Canção. Em 1995 colaborou com os Huanine, um grupo dirigido por Laura Diogo (ex-Doce, do qual faziam parte Ana Vasconcelos, Beijinha Florentina, Cachucha, Elaisa e Joana Pereira.

Em 1996 participou no programa "Chuva de Estrelas" da SIC onde chegou à final com a interpretação do tema "Don't Let The Sun Go Down On Me" na versão da cantora Oleta Adams.

Em 1997 vence o 34º Festival RTP da Canção com a canção "Antes do Adeus" de Thilo Krassman e Rosa Lobato de Faria. No Festival da Eurovisão não conquistou qualquer ponto partilhando o ultimo lugar com o cantor norueguês. Em 1997 é editado o álbum "First", gravado sob a produção de Nuno Carvalho (NZ) e com temas da própria cantora.

Em 2002 lança o CD promocional "Célia Lawson" com vista à edição do CD "Faith". O tema de apresentação desse trabalho foi "Voo da Águia".

Mudou o nome artístico para Ira e lançou um álbum de metal progressivo chamado "On The Road To The Unknown" que teve criticas positivas na revista "Loud".