Célia Lawson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2017)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde maio de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Célia LAwson
Informação geral
Nome completo Célia Maria Fernandes Lawson
Nascimento 9 de junho de 1974 (44 anos)
Local de nascimento Angola
Portugal Portugal
Nacionalidade portuguesa
Gênero(s) Rock, Hard Rock

Célia Lawson (Angola, 9 de Junho de 1974) é uma cantora portuguesa .

Com 15 anos ingressou em algumas bandas, primeiro de "covers" e depois de originais. Em 1992 faz parte do coro de Adelaide Ferreira durante a digressão desse ano.

Em 1993 entrou para os V12, uma conhecida banda de metal. Colaborou também com os Crash, banda de "covers" de hard-rock. Em 1994 fez coros para o tema "Imagens de Música", de Ed Sant’ana, apresentado numa das semifinais do Festival RTP da Canção. Em 1995 colaborou com os Huanine, um grupo dirigido por Laura Diogo (ex-Doce, do qual faziam parte Ana Vasconcelos, Beijinha Florentina, Cachucha, Elaisa e Joana Pereira.

Em 1996 participou no programa "Chuva de Estrelas" da SIC onde chegou à final com a interpretação do tema "Don't Let The Sun Go Down On Me" na versão da cantora Oleta Adams.

Em 1997 vence o 34º Festival RTP da Canção com a canção "Antes do Adeus" de Thilo Krassman e Rosa Lobato de Faria. No Festival da Eurovisão não conquistou qualquer ponto partilhando o ultimo lugar com o cantor norueguês. Em 1997 é editado o álbum "First", gravado sob a produção de Nuno Carvalho (NZ) e com temas da própria cantora.

Em 2002 lança o CD promocional "Célia Lawson" com vista à edição do CD "Faith". O tema de apresentação desse trabalho foi "Voo da Águia".

Mudou o nome artístico para Ira e lançou um álbum de metal progressivo chamado "On The Road To The Unknown" que teve criticas positivas na revista "Loud".