Célula apresentadora de antígeno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
A apresentação de antígeno estimula as células T a se tornar células CD8+ citotóxicas ou células CD4+ auxiliares.

Uma célula apresentadora de antígeno ou APC compõe o Sistema imune inato e é capaz de realizar fagocitose de micro-organismos patógenos presentes no hospedeiro, digeri-los em peptídeos e de apresentar esses peptídeos na superfície externa de sua membrana, através de um complexo proteico denominado MHC. O antígeno apresentado pelo MHC será reconhecido pelos receptores dos linfócitos T, os receptores TCR. Com o reconhecimento do antígeno pelo linfócito T virgens, via MHC mais complexo TCR, fará com que os próprios linfócitos T liberem citocinas das quais promoverão a diferenciação dos linfócitos T virgens em linfócitos T efetores, promoverão a expansão clonal dos mesmos e ativação do Sistema imune adaptativo

Células dendríticas e linfócitos B atuam como células apresentadoras de antígenos.